Lançamentos nacionais: Bloco do Caos, Nino, Wolken
Foto: Reprodução / Facebook
 

Em “Algum Lugar”, primeiro clipe com nova formação, o Bloco do Caos convida a refletir sobre os tempos que vivemos no Brasil e o que podemos fazer para mudá-los.

Abordando os problemas educacionais no país, o vídeo mostra um professor de história limitado por um diretor severo e proibitivo. O educador, no entanto, não se deixa acuar e mostra aos estudantes a beleza do conhecimento.

A Bloco do Caos explica que a obra é sobre a transformação no micro e no macro e a luta coletiva que gera mudanças significativas. “Colocamos em cheque a educação, retratando um professor que consegue transformar o espaço e aqueles que estão ao seu redor. Um professor que cativa com seu modo de ensinar e uma aluna que segue seus passos”, completa o vocalista Ale Cazarotto.

Nino

Lançamentos nacionais: Bloco do Caos, Nino, Wolken
Foto: Divulgação

Combinando ritmos brasileiros e internacionais como afoxé folk, rock e baião, Nino lança o álbum Navegar Nesse Mistério.

Gravado em um casarão no Morro São Caetano, região bucólica de Porto Alegre, o trabalho traz esse diálogo entre a calmaria e o caos na grande cidade. Guitarras distorcidas, baixo e bateria se juntam com percussões e violões, banjo e bandolim e criam essa sonoridade expandida.

A canção-título, lançada como single em 2018, é uma mensagem de esperança, que tanto trata de questões íntimas quanto da crise que o Brasil atravessa. Em todo o disco, essa sensação de dualidade, no melhor sentido da expressão, se faz presente.

Wolken

Lançamentos nacionais: Bloco do Caos, Nino, Wolken
Foto: Reprodução / Facebook

Três anos após o Caos Calmo EP, a Wolken Libera o single duplo “Sono de Inverno / Domingo”. As faixas são a primeira amostra do álbum de estreia da banda, que deve sair em Junho.

O grupo explica que as canções registram impulsos de sinceridade sobre a sensação bucólica da vida, espaço e tempo em cidades de interior como Benedito Novo e Timbó, em Santa Catarina.

No trabalho é explorado o dream e jangle pop alternativo e traz refêrências de bandas como Real Estate, DIIV e Wild Nothing.