Baleia
Foto: Felipe Abrahão
 
Ouça o novo single da Majur!

As ferramentas de produção e divulgação musical estão mais acessíveis. Isso significa que uma quantidade cada vez maior de artistas e bandas consegue lançar suas obras ao mundo com cada vez menos dificuldades. Isso enriquece o cenário, mas ao mesmo tempo provoca uma discussão sobre fórmulas repetidas na indústria.

Fugindo do óbvio quando se trata de divulgação de disco, a banda carioca Baleia anunciou no ano passado o lançamento de uma espécie de “disco vivo”, intitulado Coração Fantasma. Isso porque o novo álbum do grupo está em desenvolvimento enquanto algumas faixas que estarão presentes nele são liberadas para o público.

Por sinal, o próprio público auxilia na montagem do disco, ao que as novas canções são “testadas” em shows ao vivo. Foi assim com o primeiro capítulo de Coração Fantasma, com as faixas “Eu Estou Aqui“, “A Mesma Canção” e “Lulu“. Agora, com a parte dois do projeto, não foi diferente.

Coração Fantasma: Capítulo II

A continuação do disco foi lançada nesta terça (23), com três faixas inéditas. Isso faz com que o “disco vivo” tenha até então o total de seis faixas, já tomando forma.

As inéditas continuam desenvolvendo a nova sonoridade da Baleia. São as dançantes “Duelo Fantasma (Epílogo Sórdido)” e “Tudo Falta, Você Sobra“, junto à melódica e atmosférica “Eu Mal Estou Aqui“. A última citada conta com a participação do aclamado trio curitibano Tuyo, mais os pianos de Vitor Araújo.

Outro detalhe interessante a se notar é a capa das novas músicas. Tal como o álbum em si, a arte é desenvolvida a cada capítulo. Se comparada à identidade visual da leva inicial, a nova capa dá continuidade ao processo de pintura da artista Lisa Akerman.

O resultado final da arte, tal como o álbum em si, só ficará disponível para o público e para a própria banda no final dessa caminhada de desenvolvimento. Vamos continuar de olho para contemplarmos a criação desse novo disco.

Confira abaixo as novas canções, somadas às três primeiras faixas do primeiro capítulo de Coração Fantasma.