Skrillex no Lollapalooza Brasil
 

Pode jogar fora aquela foto feia que você usa para espantar mosquito. A ciência acabou de descobrir um jeito mais eficiente de fazer isso e, se você for fã de dubstep, é seu dia de sorte.

Um estudo publicado recentemente na revista Science Direct (em inglês) dividiu mosquitos Aedes aegypti fêmeas saudáveis e famintas em dois grupos, cada um com um mosquito macho e um hamster. Um dos grupos (o de controle) foi mantido em silêncio e as relações acontecerem naturalmente. O outro grupo, no entanto, foi submetido a uma sessão intensiva da música “Scary Monsters and Nice Sprites”, do Skrillex (que inclusive rendeu um Grammy ao DJ).

O resultado foi interessante: enquanto o grupo de controle rapidamente passou a fornicar e se alimentar loucamente do hamster, o outro grupo demorou muito mais para conseguir se concentrar e, mesmo assim, pareceu ter um apetite muito menor em relação aos mosquitos silenciosos. Será que esses animais são grandes fãs de dubstep?

 

Infelizmente, não foi dessa vez que Sonny Moore, nome verdadeiro do DJ, conquistou esse novo nicho. Observou-se que o grupo submetido ao dubstep foi incapaz de molhar o biscoito e, pense bem: você seria fã de alguém que te deixa assim?

No entanto, existe uma explicação científica por trás desse fenômeno. Os mosquitos só conseguem copular quando harmonizam as frequências de suas asas, e as batidas inconstantes e caóticas do dubstep não permitem que isso aconteça. Talvez se os cientistas tivessem tentado alguma música menos caótica do Skrillex, como a feliz e dançante “Sorry” em parceria com Justin Bieber, o DJ poderia ter ganhado alguns fãs.

Brincadeiras à parte, é claro que esse estudo tem um impacto muito maior do que se imagina. Com os resultados encontrados, os cientistas podem desenvolver ferramentas sonoras que permitirão controlar a incidência de doenças como a dengue, sabidamente transmitida pelos Aedes aegypti analisados no experimento.

Skrillex

O DJ virou notícia recentemente por ter lançado uma música em parceria com a cantora japonesa Hikaru Utada para o jogo Kingdom Hearts III. Pra quem andava aparecendo aqui por motivos não muito legais, foi uma boa mudança.

De qualquer forma, é hora de jogar fora suas velas e seus repelentes: clique no player abaixo para ouvir “Scary Monsters and Nice Sprites”, aumente o volume e garanta uma casa sem mosquitos.

   
 
FonteCracked
Compartilhar