Dan Reynolds (Imagine Dragons) e Mark Foster (Foster The People)
Fotos: Wikimedia Commons

O Imagine Dragons parece ter tomado o lugar do Nickelback como uma das bandas mais zoadas da indústria da música, e isso não tem agradado em nada seu vocalista, Dan Reynolds.

Como te mostramos por aqui, o frontman já chegou a escrever uma carta aberta falando sobre como as críticas o afetam, se direcionando a bandas como o Slipknot e The 1975, que já criticaram seu grupo na mídia. Quem também já teve o que falar sobre os caras é Mark Foster, do Foster The People.

Em uma entrevista de rádio, o vocalista brincou que sua banda oferece suas músicas “rejeitadas” ao Imagine Dragons. Agora, depois da carta de Reynolds, Foster decidiu se desculpar.

Em um comunicado no Twitter do grupo, o músico se dirigiu a Dan:

Estive chateado por algo que sinto que preciso corrigir. Eu gostaria de me desculpar com Dan Reynolds e sua banda, Imagine Dragons. Em um momento passageiro no ano passado, deixei algumas palavras saírem da minha boca que não refletem quem eu sou, ou o que eu defendo. […] Tudo o que li sobre o que o Dan está fazendo enquanto humanitário é tocante. Eu acredito que ele é um dos caras bons. É preciso muita coragem para representar algo… ninguém jamais ergueu uma estátua de críticas. […] Quem está tentando fazer o mundo mais bonito se abre para as críticas. Continue lutando essa luta boa, Dan. Você tem a minha promessa de trabalhar ao seu lado, se precisar de uma mão. Muito respeito a você e sucesso contínuo em sua música.

Dan Reynolds prontamente respondeu o vocalista do Foster The People também no Twitter.

Isso significa muito para mim. Eu provavelmente fui muito sensível [sobre as críticas], para ser honesto. Eu sempre amei as músicas do FTP e continuarei a curtir e a tentar ter menos sentimentos ruins em relação às opiniões das pessoas. Nada além de amor e apoio para você e os caras. Você não precisava fazer algo de classe como isso, mas é legal que tenha feito. Venha aqui e sente-se ao meu lado (doo doo doo!).

Que bom!