Lançamentos nacionais: Mariana Volker, Yhago Sebaz, Lucas Não Tem Amigos
Foto: Daryan Dornelles / Divulgação
 

Como forma de abordar a expansão de consciência sobre a força de mulher, Mariana Volker lança o single “Gigantesca”.

O clipe, dirigido por Letícia Pires, repensa a autonomia feminina a partir de uma abordagem da infância. A decisão de escalar crianças para a gravação veio através de sessões de análise da artista. “A minha terapeuta me colocava para conversar com essa ‘Mariana’ pequena, e dizer algumas coisas para ela. É uma forma de olhar para a infância e pensar como podemos formar mulheres sem traumas, pessoas que não demorem tanto pra gostar de si mesmas”, explica Mariana Volker.

Para o trabalho, foram escaladas cinco meninas: Alicia Mel, Soso Black, Marina Henriques, Gabriella Barbosa Nascimento e Maria Flor Tostes. A obra se propõe a pensar em cinco elementos a partir das cinco meninas: o corpo, a beleza, a força, a obediência e a solidão.

Yhago Sebaz

Lançamentos nacionais: Mariana Volker, Yhago Sebaz, Lucas Não Tem Amigos
Foto: Divulgação

Em “Vou Embora” Yhago Sebaz transforma a separação em força motriz para seguir em frente. Negro, gay e nordestino, cantor e compositor faz de sua jornada inspiração.

O artista maranhense se mudou para São Paulo e apartir disso começou a refletir sobre tudo que precisou deixar para trás para seguir em busca de seus sonhos e como despedidas são difíceis. Assim surgiu a canção. “Foi uma escolha difícil, que veio logo depois de um período muito turbulento na minha vida. Toda essa experiência me fez amadurecer muito em relação aos meus sentimentos, em relação à força que existia em mim, compreender o poder do perdão”, conta o músico.

O clipe, dirigido por Beni Ktt, é estrelado por um casal amigo de Yhago que leva para o plano principal momentos simples de amor e carinho de uma relação a dois.

Lucas Não Tem Amigos

Lançamentos nacionais: Mariana Volker, Yhago Sebaz, Lucas Não Tem Amigos
Foto: Divulgação

Sonhando Acordado”, single de estreia de Lucas Não Tem Amigos, fala sobre preferir viver no mundo dos sonhos do que encarar a realidade.

Escrito em parceria com Chuck Hipólitho, o single foi gravado, produzido e mixado pela dupla de produtores Lucas Melim e Lucas Bernoldi.

Já o clipe foi todo realizado no esquema “faça você mesmo”. Lucas explica que essa veracidade dá uma cara pro vídeo que combina com o som. “Tudo é 100% verdadeiro e cru, essa música sou eu e eu, mil vezes. Todas as cenas foram filmadas com um celular e editadas no iMovie, completamente sem roteiro, sem planejamento, a gente só saiu na rua e fez”, finaliza.