Blink-182 com Tom DeLonge
Foto: Wikimedia Commons
 

Mark Hoppus, baixista do blink-182, voltou a falar sobre o ex-colega de banda Tom DeLonge.

Em recente entrevista para o Pedestrian, Hoppus explicou sua atual relação com o músico, que tem se dedicado cada vez mais às suas descobertas no espaço.

Leia um trecho:

Eu acho que o Tom está muito feliz fazendo a coisa dele, e nós estamos muito felizes fazendo a nossa, e não há qualquer ressentimento ou animosidade ou alguma briga entre nós, é como eu disse; ele está fazendo suas coisas, e nós as nossas. Eu não falo com Tom desde antes do lançamento do ‘California’. Então faz uns dois anos. Mas como eu disse antes, não tem briga, apenas não nos falamos.

Quando comentou sobre o novo foco da carreira de Tom DeLonge, Mark mostrou que apoia as escolhas do guitarrista e ainda espera que ele consiga chegar ao seu objetivo de ir ao espaço.

Quero dizer, ele dedicou tanto de sua vida aos [OVNIs] e tanto tempo e energia pesquisando as coisas, e ouvindo as pessoas falarem, e falando sobre isso ele mesmo, que seria muito ruim se ele não tivesse uma chance de voar até o espaço e ver tudo por si mesmo.

Tom DeLonge

O guitarrista deixou o grupo em 2015, sendo substituído por Matt Skiba (Alkaline Trio).

Desde então, ele vem se dedicando à sua empresa, a To The Stars, que tem focos nos estudos e pesquisas sobre a vida fora da Terra.

LEIA TAMBÉM: Tom DeLonge procurava pelo “Pé Grande” durante turnês do blink-182