O Sexto Sentido (Foto: Divulgação)

O cinema teve períodos bastante produtivos ao longo de sua história. Os anos 60 e 70, por exemplo, renderam incontáveis filmes de faroeste, enquanto os anos 80 foram excelentes para as produções de aventura e os anos 2000 marcaram o auge dos filmes de super-herói. Porém, nenhum ano específico foi tão prolífico como 1999. Praticamente todos os gêneros foram contemplados, vários diretores, atores e atrizes participaram de obras-primas, os filmes rapidamente viraram clássicos e até hoje são referência para quem produz cinema.

Confira uma lista de dez produções que saíram naquele ano e repare como ele foi importante na história do cinema:

1Matrix

Matrix (Foto: Divulgação)

Vamos começar logo chutando a porta. Matrix é considerado um dos filmes que mais revolucionou a forma como se pensa a ficção científica no cinema. Dirigido pelas irmãs Wachowski, o filme trouxe inspirações de obras como Ghost in the Shell e Blade Runner para questionar a nossa própria realidade. Adicione à reflexão filosófica os efeitos visuais e sonoros inovadores… e voilà: um dos maiores filmes da história.

2Clube da Luta

Clube da Luta (Foto: Divulgação)

Outro que brincou com a percepção da realidade na cabeça dos espectadores foi Clube da Luta. Inspirado no livro homônimo de Chuck Palahniuk, o filme de David Fincher acompanha a jornada de autoconhecimento de um cara deprimido vivido por Edward Norton, que descobre algumas verdades dolorosas sobre a classe média com outro cara, Tyler Durden (Brad Pitt), e uma mulher também desolada com a sociedade (Helena Bonham-Carter).

3O Sexto Sentido

O Sexto Sentido (Foto: Divulgação)

Brincar com o psicológico era a tendência em 1999. O Sexto Sentido é um terror protagonizado por uma criança (Haley Joel Osment) que consegue ver e falar com espíritos (o tempo todo) e conta com a ajuda do psicólogo Malcolm Crowe (Bruce Willis) – que também é meio perturbado. O diretor M. Night Shayamalan os levou os dois personagens principais a um dos maiores plot twists da história. Vale a pena até hoje, mesmo já sabendo do final.

4De Olhos Bem Fechados

De Olhos Bem Fechados (Foto: Divulgação)

Além de ter sido o último filme do genial diretor Stanley Kubrick (que morreu poucos meses antes da estreia), De Olhos Bem Fechados chamou a atenção por juntar dois dos maiores atores em atividade na época: Tom Cruise e Nicole Kidman (que, inclusive, eram um casal na vida real). A trama bizarra que apela para um drama/suspense psicológico ainda completa o grande arsenal de atrativos para fazer deste um dos grandes títulos daquele ano.

5Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma

Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma (Foto: Divulgação)

Foram 16 anos de espera até Star Wars voltar às telonas. É difícil imaginar algo dessas proporções, mas seria como se o próximo filme dos Vingadores saísse apenas em 2035. George Lucas demorou isso tudo para filmar a prequel pois estava aguardando que os efeitos visuais já tivessem evoluído o suficiente para que ele colocasse em prática o que tinha em mente para a franquia. A expectativa, porém, cresceu tanto que a recepção da crítica e do público não conseguiu acompanhar. Apesar da grande hype envolvida e das bilheterias estratosféricas, esse é um dos piores filmes de Star Wars já feito.

6Beleza Americana

Beleza Americana (Foto: Divulgação)

Antes de ter a carreira arruinada por envolvimento em escândalos sexuais, Kevin Spacey já foi um dos maiores atores de Hollywood. Beleza Americana é um marco na trajetória do artista, que levou o Oscar de Melhor Ator em 2000 pelo papel nessa produção. O filme ainda levou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Diretor (Sam Mendes), Melhor Roteiro Original e Melhor Fotografia.

710 Coisas Que Eu Odeio Em Você

10 Coisas Que Eu Odeio em Você (Foto: Divulgação)

Alguns filmes nem são grandes sucessos de crítica e público na época da estreia no cinema, mas depois se tornam queridinhos cult dos cinéfilos por aí. É o caso de 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, comédia romântica que lançou Heath Legder e Julia Stiles e ainda tinha Joseph Gordon-Levitt no elenco. A Sessão da Tarde e os adolescentes dos anos 2000 agradecem até hoje.

8American Pie

American Pie (Foto: Divulgação)

Outra comédia típica dos anos 90 que foi lançada em 1999 foi American Pie. Esta, porém, virou um marco nas comédias de besteirol, ganhando nada menos que duas continuações e quatro spin-offs. O elenco foi uma vitrine para filmes e séries dos anos seguintes, com Jason Biggs (Orange is the New Black), Alyson Hannigan (How I Met Your Mother), Seann William Scott (Cara, Cadê o Meu Carro?) e Tara Reid (Sharknado), por exemplo.

9Tarzan / Toy Story 2

Tarzan (Foto: Divulgação)

A Disney lançou dois clássicos em 1999. Tarzan carregava a pressão de ser o filme mais caro já feito até aquela época (130 milhões de dólares para ser produzido), mas arrecadou 448 milhões ao redor do mundo. Isso levou o filme à quinta maior bilheteria geral e segunda maior entre animações naquele ano; foi também o primeiro longa da Disney a estrear em primeiro lugar na América do Norte desde Pocahontas (1995). Ainda levou um Oscar e um Globo de Ouro de Melhor Canção Original, e um Grammy de Melhor Trilha Sonora.

Meses depois, porém, Toy Story 2 chegou para aquecer o coração dos fãs do seu antecessor, de 1995. Woody, Buzz e cia. voltaram com tudo, batendo o recorde de Tarzan e arrecadando US$ 485 milhões – terceira maior bilheteria do ano, primeira entre as animações. O filme ganhou um Globo de Ouro de Melhor Filme de Comédia/Musical e um Grammy de Melhor Canção (“When She Loved Me”, Randy Newman), além de uma continuação: Toy Story 3 (2010).

Toy Story 2 (Foto: Divulgação)

Achou que era só isso? O ano de 1999 ainda teve À Espera de um Milagre, Austin Powers, Quero Ser John Malkovich, A Bruxa de Blair, O Gigante de Ferro, Garota Interrompida, O Homem Bicentenário, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Magnolia, Noiva em Fuga, Stigmata, Talentoso Ripley, South Park: Maior, Melhor e Sem Cortes Um Lugar Chamado Notting Hill.

Que ano, meus amigos!