Diego Xavier se inspira em experiências pessoais e cultura pop dos anos 90 em novo disco
Foto: Coletivo Peculiar / Divulgação
 

Se em seu primeiro disco solo Diego Xavier trazia a vivência de sonoridades noventistas, no seu novo trabalho o artista aborda suas próprias experiências acumuladas e escritas em um caderno de letras e textos.

O trabalho, intitulado Recortes, também é inspirado em bandas dos anos noventa e a estética e cultura pop da época. Acompanhado de Ricardo Garofallo (Passarinho e o Sistema Brega de Som) e Rodrigo Leal (Homens de Melo) e a segunda guitarra de Lucas Barbosa (Cidade Média), Diego concebeu o registro de forma mais coletiva e abordando temas como cotidiano e fases da vida.

Em nota, o músico revela que as guitarras — ora limpas e reverberantes, ora sujas e gritantes — traduzem os altos e baixos da vida. Outro destaque do álbum são as teclas. Antes usadas apenas como texturas, agora ganham importante papel nos arranjos, dando o tom de todo o disco.

“Problemas” é a primeira música de trabalho e ganhou clipe. O vídeo, dirigido por Tiago Valezi Veloso, faz uma faz alusão às amarras da vida e aos momentos que colocam em xeque a nossa tranquilidade.

Recortes foi gravado no Estúdio Wasabi em São José dos Campos, mixado pelo próprio Diego Xavier e masterizado por Cássio Zamboto.