Marc Martel e Freddie Mercury
 

Desde 2011, há oito anos, o cantor Adam Lambert é quem acompanha a banda britânica Queen como seu vocalista mundo afora.

Com ele, o grupo já veio inclusive ao Brasil quando se apresentou no Rock In Rio, e é de se pensar que após passar tanto tempo as pessoas já deveriam estar acostumadas com o fato de que ele é a voz do Queen.

Ontem à noite (24) a banda foi a responsável por abrir a cerimônia de entrega do Oscar e fez uma apresentação cheia de energia onde tocou “We Are The Champions” e “We Will Rock You”, levantando a plateia formada por atores, diretores, produtores e mais.

Entre os vários comentários na Internet, muitos elogiaram Lambert, outros disseram que ele não combina com o Queen e muitos chegaram inclusive a pedir por um nome em seu lugar: Marc Martel.

LEIA TAMBÉM: Bohemian Rhapsody, filme sobre o Queen, é o mais premiado do Oscar

Quem é Marc Martel?

Se você não conhece o músico, obviamente está se perguntando quem é o tal do Marc Martel, que tanta gente vem pedindo para substituir justamente o lendário Freddie Mercury, um dos maiores vocalistas de todos os tempos. E a gente explica.

Nascido em Montreal, no Canadá, o cantor de 42 anos de idade está na ativa desde 1999 e tem seu nome ligado ao Pop/Rock e ao Rock Cristão, já que fez parte da banda downhere, que existiu entre 1999 e 2012 e ficou bastante conhecida no Canadá, sendo reconhecida por público e crítica.

Em 2011, o cara gravou um vídeo onde cantava “Somebody To Love”, clássico do Queen, com o objetivo de entrar para um tributo à banda chamado The Queen Extravaganza, criado pelo baterista Roger Taylor.

Após alguns dias o vídeo rapidamente ultrapassou a marca de 1 milhão de visualizações no YouTube, hoje em dia conta com mais de 18 milhões, fez com que ele fosse chamado para aparecer no programa de Ellen DeGeneres e também garantiu o posto na The Queen Extravaganza, com quem excursionou por seis semanas em 2012 e depois continuou se apresentando até 2017.

Com uma voz incrível e um timbre parecidíssimo com o de Freddie Mercury, fãs no mundo todo passaram a pedir para que Martel se juntasse ao Queen e isso aumentou após o lançamento do filme Bohemian Rhapsody por um motivo bem óbvio.

A voz de Freddie Mercury foi recriada no longa através da junção de três outras: a do ator Rami Malek, que o interpretou, a de Marc e a do próprio cantor, falecido em 1991.

Sendo assim, já que infelizmente não podemos ter Freddie de volta e Rami Malek só participou com seus vocais por conta do filme, faria todo sentido que Marc Martel pelo menos desse uma canja com o Queen, não é mesmo?

Veja a performance dele cantando justamente “Bohemian Rhapsody” logo abaixo, junto com as interpretações de outros hits da banda e deixe sua opinião! Ele deveria entrar na banda ou se isso acontecesse soaria como uma cópia?

     
 
Compartilhar