Spike Lee Discurso Oscar Donald Trump
Foto: Reprodução/YouTube
 

Vê se pode uma coisa dessas. O presidente americano Donald Trump chamou o diretor Spike Lee de racista por seu discurso no Oscar, que aconteceu neste domingo (24).

Enquanto aceitava sua primeira estatueta não honorária por Melhor Roteiro Adaptado com Infiltrado na Klan (2018), Lee fez um breve comentário sobre as eleições que estão por vir em 2020, quando os Estados Unidos escolhe um novo presidente.

Por esse motivo, Trump sentiu a necessidade de apontar racismo no discurso de um diretor negro e ainda se vangloriar por fazer nada mais que sua obrigação como presidente de um país.

Leia:

Seria legal se o Spike Lee pudesse ler suas anotações, ou até melhor, não usar suas anotações no geral quando fez sua acusação racista ao seu presidente, que fez mais pelos negros (reforma da justiça criminal, menor índice de desemprego da história, corte de taxas, etc.) que quase qualquer outro presidente.

Vá catar coquinho, Trump.

LEIA TAMBÉM: Vencedores do Oscar: veja lista com os grandes nomes da premiação

     
 
Compartilhar