Androide Sem Par - RUYNAS
Foto: Reprodução/VEVO
 

O Androide Sem Par está chamando atenção para assuntos dos mais importantes em seu novo disco de estúdio.

RUYNAS, segundo álbum da banda e sucessor de Grave (2013), traz temáticas como a ancestralidade e identidade indígena, migração nordestina, relações homoafetivas, equidade de gênero e os direitos da comunidade LGBTQ. Hoje (11), o grupo lança com exclusividade no TMDQA! o clipe da ótima faixa título do disco, com foco no ativismo e a demarcação de terras indígenas.

Compositor e vocalista da Androide Sem Par, Juão Nyn nasceu em Natal (RN) e se autodeclara potiguara. O Rio Grande do Norte é o estado com a menor população indígena autodeclarada do Brasil, 0,3% segundo o censo IBGE de 2010.

Sobre sua identificação, Nyn comenta:

Infelizmente, a ficção que aceitamos e chama-se Brasil, começou pelo Nordeste. No Rio Grande do Norte, além do enorme genocídio indígena causado pelos Holandeses, pelos Portugueses e a obsessiva catequização cristã, Natal foi base dos EUA durante a 2° Guerra Mundial (por ser o lugar mais próximo da Europa), criando um processo de aculturação irreversível. O que aconteceu com o Rio Grande do Norte é o que todo o resto do Brasil profundo tem medo que aconteça com ele: chegar ao Futuro e parar no Tempo. Uma Ruyna maquiada, uma cidade sem emblemas além dos turísticos, identidades diluídas. Então, me autodeclarar indígena é uma escolha política, que passa pela retomada de consciência e pela importância social de não romper essa ponte com o passado.

O clipe foi dirigido por Dennis Siqueira e Paloma Bertissolli, do coletivo Coagula. Assista abaixo!

Androide Sem Par

A banda foi fundada em Natal (RN) em 2013, e sua formação atual conta com Juão Nyn (vocalista), Emmo Martyns (guitarra), Gustavo Vycente (baixo) e Renato Lellys (bateria).

O segundo álbum do grupo, RUYNAS, foi gravado e mixado nos estúdios da Bamba Music em São Paulo por Emmo Martins. A banda fará o show de lançamento do clipe e primeiro single de trabalho no dia 15 de Fevereiro no espaço cultural Mundo Pensante. Na semana seguinte, no dia 22 de Fevereiro o quarteto apresenta o show oficial de lançamento do disco no Teatro de Container, no centro de SP.

   
 
Compartilhar