Aaron Lewis, do Staind
Foto: Laura Turner
 

Um show solo de Aaron Lewis, vocalista do Staind, não terminou muito bem neste último sábado (02), no Texas.

O músico, que estava fazendo uma apresentação acústica, ficou incomodado com o barulho da plateia e pediu várias vezes por silêncio. A intenção de Lewis era cantar uma música sem microfone.

Ele disse:

Eu preciso de cinco minutos, só isso, só isso. Apenas cinco minutos, mas preciso que esteja mais quieto do que vocês estiveram a noite inteira, senão não ouvirão. Vou tentar fazer algo diferente e especial, mas vocês não vão escutar se não fizerem silêncio. Não, vocês não entenderam, precisa ser um silêncio nível igreja. Eu vou esperar apenas um pouco e depois vou dizer ‘boa noite’.

Em determinado momento, o cantor ficou mais irritado ainda e soltou uma frase que foi considerada racista. Um membro da plateia supostamente tentou chamar atenção do músico falando em espanhol, e Aaron soltou:

Eu não sei o que vocês não entenderam. Eu sei que tenho um microfone para me ouvirem. Vocês não vão ouvir a música se não estiver quieto. Entenderam? Desculpe, eu não sei falar espanhol — sou americano.

Depois deste diálogo, o cara deu adeus ao seu público e se retirou do palco sem apresentar a canção.

Aaron Lewis está em turnê solo pelos EUA no momento e lança seu terceiro disco solo, State I’m In, em Abril deste ano.

Assista ao vídeo do momento abaixo.

 

       
 
Compartilhar