Brian May, do Queen, em 2017
Foto de Brian May via Shutterstock
 

Bohemian Rhapsody, cinebiografia sobre a banda Queen e seu vocalista Freddie Mercury, é um dos filmes mais bem sucedidos desse ano.

O longa que teve acompanhamento próximo dos integrantes remanescentes do grupo já venceu o Globo de Ouro, foi indicado ao prestigiado BAFTA e pode até mesmo levar o prêmio de Melhor Filme no Oscar.

Brian May, guitarrista do Queen, tem falado bastante a respeito do filme, já que esteve coordenando tudo bem de perto, e inclusive chegou a mostrar seus dotes musicais no set de filmagem como a gente falou por aqui.

Acontece que o diretor do filme, Bryan Singer, foi demitido do posto ao final das filmagens, e apesar dele negar que tenha sido sobre isso, muito se fala como a “expulsão” aconteceu após surgirem denúncias de que ele teria abusado de garotos menores de idade que trabalharam com ele em outras produções.

Brian May e Bryan Singer

Nos últimos dias uma seguidora do guitarrista Brian May deixou um comentário na sua conta oficial do Instagram dizendo que ele deveria parar de seguir o diretor nas redes:

Bri você precisa deixar de seguir o Bryan Singer depois de tudo que ele fez. Obrigado <3

Apesar da impressão de que o comentário foi feito com a melhor das intenções, a resposta do músico foi áspera e deixou a clara sensação de que ele estava defendendo o diretor, já que ele disse:

Você precisa cuidar do seu próprio nariz e parar de me mandar fazer as coisas. E você precisa aprender a respeitar o fato de que um homem ou uma mulher são considerados inocentes até que se prove o contrário.

Arrependimento

Após perceber que havia sido duro com uma fã e que o mundo inteiro havia entendido que ele estava defendendo o diretor das acusações de abuso, Brian May usou a sua conta no Instagram para publicar uma foto com o comentário da moça e um verdadeiro textão onde pede desculpas:

Queridos Amigos – eu fiquei chocado e entristecido ao perceber o que havia feito com a minha resposta apressada e imprudente para essa moça ontem. Eu publiquei um pedido de desculpas para ela na caixa de respostas mas ele parece ter desaparecido, então irei repeti-lo por aqui para ficar claro.

Querida Sue, eu sinto muito por ter respondido a sua publicação de forma tão rápida e sem consideração. Minha resposta foi um resultado da minha percepção de alguém me dizendo o que fazer. Eu agora percebo que eu estava completamente errado ao pensar isso. Na verdade você estava tentando me proteger, e por isso eu lhe agradeço. Estou envergonhado ao descobrir o efeito que as minhas palavras produziram. Eu não fazia ideia de que dizer que alguém é inocente até que se prove o contrário poderia ser interpretado como uma ‘defesa’ de Bryan Singer. Eu não tinha nenhuma intenção de fazer isso. Eu acho que eu devo ser ingênuo, porque também nunca passou pela minha cabeça que ‘seguir’ uma pessoa no Instagram poderia ser interpretado como a aprovação dessa pessoa. O único motivo pelo qual eu segui Bryan Singer foi por que estávamos trabalhando com ele em um projeto. Essa situação chegou a um fim quando o Sr Singer foi removido durante as gravações do filme, mas eu acho que parar de segui-lo nunca passou pela minha cabeça como uma necessidade. Agora, por causa desse mal-entendido, eu parei de segui-lo. Eu sinto muito. Isso deve ter deixado você com raiva. Eu gostaria de poder voltar atrás no meu comentário, mas tudo que posso fazer é pedir desculpas, e espero que a minha desculpa comece a fazer as pazes. Infelizmente isso tudo tem proporções públicas, mas já que eu fui grosso com você em público, faz sentido que eu peça desculpas em público. Eu vou tentar seguir você para que a gente se comunique no privado se você quiser. Com amor – Bri.

Eu também deveria adicionar que esse é um pedido de desculpas sincero para qualquer outra pessoa que eu tenha ofendido sem querer. Não tive intenção de nenhuma ofensa e terei mais cuidado no futuro. Bri

Depois da publicação, Sue, a fã de Brian May, também publicou uma resposta:

Aww. Bri eu ainda te amo. E obrigado por isso, e eu acho que outras pessoas irão agradecer também. Esse post não era realmente necessário. Eu só defendo esse assunto porque isso precisa ser ouvido pelas pessoas. Todos sabemos como as coisas funcionam em Hollywood… Me entristece. Mas eu aprecio e entendo seu pensamento agora, ainda somos ‘amigos’, certo? É claro que você pode seguir quem você quiser. Não era esse o meu ponto. Eu amo o filme, já assisti a ele 7 vezes. Eu apenas espero que isso não atrapalhe no caminho para vencer o(s) Oscar(s) o que eu acho que vocês todos merecem.

View this post on Instagram

Dear Folks – I was shocked and saddened to realise what I had done by my hasty and inconsiderate IG reply to this lady yesterday. I’ve posted an apology to her in the ‘reply’ box, but it seems to have disappeared – so I’m going to try to repeat it here, to be clear. ———- Dear Sue, I’m so sorry that I responded to your post so snappily and inconsiderately. My response was a result of my perception that someone was telling me what to do. I now realise that I was completely wrong in thinking that. You were actually just trying to protect me, for which I thank you. I am mortified to discover the effect my words produced. I had no idea that saying someone was innocent until proven guilty could be interpreted as “defending“ Bryan Singer. I had absolutely no intention of doing that. I guess I must be naive, because also it had never occurred to me that ‘following’ a person on Instagram could be interpreted as approving of that person. The only reason I followed Bryan Singer was that we were working with him on a project. That situation came to an end when Mr Singer was removed during the shooting of the film, but I suppose unfollowing him never occurred to me as a necessity. Now, because of this misunderstanding, I have unfollowed. I’m so sorry. This must have caused you a lot of upset. I wish I could take the comment back, but all I can do is apologise, and hope that my apology will begin to make amends. Sadly, this is all very public, but since I snapped at you in public, it’s only fitting that I should apologise in public. I’m going to try to follow you so we can communicate privately if you want. With love – Bri. —— I should add that this is also a sincere apology to anyone else out there that I inadvertently offended. No such offence was intended and I will be more careful in future. Bri

A post shared by Brian Harold May (@brianmayforreal) on

 
 
Compartilhar