Spotify
Foto de celular com Spotify e disco de vinil via Shutterstock
 

O Spotify liberou hoje (22) uma funcionalidade que permite ao usuário mutar artistas da plataforma.

A decisão veio sem muito alarde e pouco depois de uma extensa campanha para retirar R. Kelly do catálogo, chamada #MuteRKelly. O rapper está sendo denunciado por vários crimes sexuais e já teve parcerias com outros artistas, como Lady Gaga, excluídas.

Para usar esta nova função, basta entrar no perfil do músico e acessar o menu, onde está a opção “Não toque este artista” (veja na foto ao final do post). Isso fará com que nenhum material que contenha o artista seja reproduzido em playlists ou recomendações ao usuário, e é reversível a qualquer momento.

Vale lembrar que as músicas continuarão aparecendo, e será necessário manualmente clicar nelas para tocá-las, já que isso não acontecerá no automático. Quando silenciados, os artistas continuarão aparecendo em playlists mas a música simplesmente será “pulada” para não tocar para o usuário.

Além disso, a funcionalidade parece estar disponível apenas no mobile mas tem reflexos quando o usuário loga com a sua conta e toca as músicas no desktop, com os mesmos efeitos.

E você, quem vai tirar do seu Spotify?

Caso R. Kelly

O rapper teve seu contrato encerrado com a gravadora Sony nos últimos dias, e é provável que seu catálogo suma de diversas plataformas após a decisão.

Além de vários músicos, a filha de R. Kelly também se pronunciou sobre o pai, o chamando de “monstro”. Leia aqui.

Silenciar artista no Spotify

   
 
Compartilhar