Marcelo Yuka
Foto de Daniela Dacorso
 
Ouça o novo single da Majur!

Este sábado (19) começou com uma triste notícia. A assessoria do hospital Quinta D’Or, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, confirmou a morte do compositor Marcelo Yuka no início desta madrugada.

O estado de Yuka era grave, conforme já havíamos noticiado aqui. Ele apresentava um quadro de infecção generalizada após o AVC que sofreu no início do ano. Seu quadro estava se mostrando cada vez instável desde Agosto do ano passado.

O Rappa e outros projetos

Yuka foi baterista e um dos fundadores da banda carioca O Rappa, e o principal compositor até a sua polêmica saída do grupo, em 2001. Dentre suas principais contribuições para o grupo estão hits como “Me Deixa“, “O Que Sobrou do Céu“, “Pescador de Ilusões” e “A Feira“. As letras de Yuka ganharam destaque por buscar retratar diversas realidades sociais, sendo carregadas de um teor crítico que foi muito bem abraçado pelo público.

Yuka ainda tem em seu currículo outros projetos, como o grupo F.U.R.T.O. (parte de um projeto social que inclui uma ONG) e seu trabalho solo. Em 2017, lançou um disco solo, e conversamos com ele sobre o álbum.

Os feitos do compositor também vão para fora do mundo da música. Em 2010, Yuka lançou sua candidatura a vice-prefeito da cidade do Rio de Janeiro, em chapa com Marcelo Freixo no PSOL.

Um grande guerreiro e exemplo no mundo da música

Não foram só os projetos musicais e políticos que marcaram a figura de Marcelo Yuka. O músico também se mostrou um grande exemplo de superação.

Em 2000, ao tentar impedir um assalto, ele foi atingido por 9 tiros, que o deixaram paraplégico. O incidente impossibilitou Yuka de continuar como baterista. Anos depois, em 2009, Yuka foi novamente vítima de um assalto, em que foi agredido pelos bandidos.

Mesmo diante de limitações, Marcelo continuou na ativa, se tornando um grande símbolo para todos. Sempre com seu discurso politizado, o músico continuou atuando como compositor, produtor, palestrante e ativista.

Descanse em paz, Yuka! Sentiremos muito a sua falta.