Africa do Toto tocando pra sempre no deserto africano
Foto: Reprodução/Vimeo
 

O que faz mais sentido que “Africa”, do Toto, sendo tocada em um loop eterno na… África? É essa a linha de raciocínio que o artista plástico Max Siedentopf, natural da Namíbia, seguiu quando projetou sua nova instalação.

O cara levou sete pilares ao Deserto do Namibe, que fica na África Meridional, e uma caixa de som no topo de cada um. A obra conta ainda com um aparelho de MP3 que tem apenas uma música: essa mesmo. Tudo isso funciona a partir de energia solar.

Se tudo der certo, a instalação deve ficar por lá por pelo menos (!) 55 milhões de anos. Sobre sua decisão, Siedentopf declarou (via NME):

Eu queria prestar uma homenagem à música e fisicamente exibir ‘Africa’ na África. Alguns [namibianos] adoraram e alguns dizem que é provavelmente a pior instalação de som de todos os tempos. Eu acho que é um grande elogio. A maior parte da instalação foi escolhida para ser o mais durável possível, mas tenho certeza de que o ambiente hostil do deserto acabará com [ela].

A banda norte-americana ainda não se pronunciou sobre o feito.

LEIA TAMBÉM: Weezer esgota em poucos minutos o lançamento de “Africa” (Toto) em vinil

 
 
Compartilhar