The Killers - Land Of The Free
Foto: Reprodução / YouTube
 

Após o lançamento do último dia 14, e do claro posicionamento de Brandon Flowers contra as políticas de imigração do governo de Donald Trump, a nova música do The Killers, “Land of the Free” ganhou um videoclipe dirigido por Spike Lee que mostra, entre outros, o dia a dia de famílias na fronteira entre o México e os Estados Unidos.

As cenas expostas no clipe foram gravadas no final do ano passado e incluem famílias migrantes sendo atingidas por bombas de gás lacrimogêneo disparadas por agentes da fronteira em um incidente que ocorreu em Novembro do ano passado. As cenas também registram o ostensivo trabalho de agentes na área, deslocando equipes enormes, helicópteros e armamento pesado.

Brandon Flowers, que já havia se posicionado a respeito da música nas redes sociais da banda, tem uma história própria com imigração: sua avó imigrou da Lituânia para os Estados Unidos fugindo da opressão da União Soviética. Em referência à imigração, Flowers escreveu em nota publicada no Twitter:

Nós desonramos os nossos valores, nossos ancestrais e nossa herança quando jogamos bombas em nossos irmãos e irmãs buscando por asilo. Eu vejo a minha família nos olhos vulneráveis dessas pessoas, afinal, não faz muito tempo que a minha avó  e sua família imigrou da lituania para a américa […] eles escolheram deixar tudo o que conheciam para trás para vir para a américa, trabalhando duramente em perigosas minas de carvão, do que enfrentar a tirania em seu próprio país.

A música, que por si só já trazia a mensagem de forma transparente, mostra no clipe como as pessoas de diferentes nacionalidades são tratadas na fronteira e no país e encara de frente a discussão a respeito da necessidade ou não de um muro entre os países, em que milhares de dólares seriam investidos para separar os EUA do México, um investimento considerado errado e desnecessário por políticos do Partido Democrata.

Assista ao clipe abaixo e tire suas próprias conclusões.