Kanye West
 

É, amigos, parece que Kanye West mostrou o tamanho do seu ego mais uma vez.

O rapper conhecido como um dos artistas mais controversos dos tempos modernos estava escalado para ser headliner da edição de 2019 no famigerado festival de Coachella. No seu lugar entrou Ariana Grande.

De acordo com matéria da Billboard, dois dias antes do anúncio do line-up a equipe de Kanye comunicou ao organizador do evento, Paul Tollett, que ele não gostaria de se apresentar no palco principal, mas sim em um domo gigante a ser construído no meio da área do Coachella, fazendo com que todo o layout do festival fosse alterado.

A estrutura seria desenhada por John McGuire, colaborador frequente de West, mas os responsáveis pelo Coachella responderam dizendo que não seria possível erguer o domo em quatro meses e, além disso, teriam que mudar toda a estrutura do evento que já estava pensada, incluindo a remoção de diversos banheiros químicos utilizados pelos fãs de música.

Quando ouviu a resposta, Kanye West teria ficado irritado e dito que ele é um artista com visão criativa que “não deveria gastar o seu tempo discutindo sobre banheiros públicos”.

A fonte da Billboard ainda disse que a conversa aconteceu pelo telefone e West foi categórico ao dizer que arrumar espaço para os banheiros era problema da Goldenvoice, produtora do festival. Depois disso, desligou o telefone de forma abrupta.

 

Substituta de Kanye West

No mesmo dia a Goldenvoice entrou em contato com Scooter Braun, que trabalhava com Kanye West, para contratar Ariana Grande, sua cliente.

Outra substituição aconteceu quando Justin Timberlake saiu dos planos por conta de sua atual turnê que teria datas que entram em conflito com a cláusula do Coachella que exige que os artistas do festival não se apresentem em festivais dos Estados Unidos entre Dezembro do ano que antecede o evento até Maio.

O Coachella 2019 acontecerá nos finais de semana de 12-14 e 19-21 de Abril. Você pode ver o line-up completo por aqui.

Como os ingressos acabaram em 40 minutos, se você não garantiu o seu poderá assistir à transmissão dos dois finais de semana ao vivo pelo YouTube.

LEIA TAMBÉM: Tame Impala e o improvável posto de headliner do Coachella

       
 
Compartilhar