The Who em 1975
Foto: Wikimedia Commons
 

O ano é de celebração para o Woodstock, já que o festival celebra 50 anos de sua edição original. Quem não está muito animado com isso, porém, é o The Who.

A banda tocou no evento lá em 1969 e continua na ativa — só que nem tanto — até hoje, mas segundo o vocalista Roger Daltrey, não há o mínimo interesse em participar dos dois festivais que vão celebrar a data.

Ao explicar seus motivos em uma conversa com a Billboard, Daltrey falou:

Agosto na América do Norte é quente demais para eu trabalhar. Você não pode refazer o Woodstock, porque as estrelas do Woodstock eram o público. Você pode comemorar a data, mas não pode refazê-la. Ninguém nos abordou sobre isso, de qualquer forma, mas eu realmente não estaria interessado em algo assim.

Outras atrações do icônico festival foram Jimi Hendrix, Grateful DeadCreedence Clearwater Revival, Janis Joplin, Santana, Crosby, Stills, Nash & Young, Jefferson Airplane e muitas outras bandas que fizeram história junto com o The Who.

Michael Lang, co-fundador do festival e a gigantesca Live Nation organizarão eventos separados neste ano, como te contamos por aqui. O festival “não-oficial” acontecerá no mesmo local onde o original aconteceu, em Bethel, estado de Nova York.

Já Lang, que fez o evento original, disse que o local em Bethel “não comporta um Woodstock de verdade hoje em dia”.

LEIA TAMBÉM: Ganância, violência e morte: o Woodstock de 1999 foi um festival marcado pelos piores motivos