Mario
Foto: Reprodução / Youtube
 

A presença de música é extremamente necessária em qualquer obra audiovisual. Isso se mostra desde o cinema, que nos primórdios, por não contar com a voz dos atores, precisava de uma trilha no fundo para ajudar a imagem a criar emoções no espectador.

Isso evoluiu bastante e a união entre música e imagem foi se tornando cada vez mais forte. Incríveis e renomados compositores fizeram seu nome criando trilhas para filmes. Mas e os videogames?

Uma baita revolução tecnológica em termos de interatividade, o videogame surgiu em sistemas que não permitiam uma imagem com qualidade muito clara. Com a memória bastante limitada, as músicas também tinham qualidade baixa. Muitas, no entanto, viraram marcos culturais.

Conforme o tempo avançou, a trilha sonora dos games passou a assumir cada vez mais importância na ambientação de um jogo, tal como aconteceu com o cinema. Se existem trilhas de filmes tão incríveis como a de John Williams (famoso pelos temas de Star Wars), existem também trilhas de games que merecem tanto destaque quanto. É o caso das obras de Koji Kondo, responsável pelas músicas dos primeiros jogos das séries Mario e The Legend Of Zelda.

Se quiser saber mais, o mundo da música nos games é analisado no canal 8-bit Music Theory. Nos vídeos são abordadas algumas das obras primas musicais no mundo dos games, variando entre temas clássicos e modernos de franquias famosas como Mario, Zelda, Pokémon, Mega Man e mais.

 

A ciência por trás dos temas de videogame

Já se perguntou, por exemplo, o porquê de o tema principal de Super Mario Bros. ser tão popular e ter marcado tanto a cultura pop? Claro, o jogo, revolucionário para a época, ganhou o coração de muitos. Mas não é apenas a divertida jogabilidade que o tornou tão marcante. A música tem parte fundamental nisso.

O mesmo acontece com os temas de demais outros jogos. O canal se dedica a explicar o processo de composição de algumas músicas épicas para a história dos videogames. Existem algumas “fórmulas” que são repetidas até hoje para tal tipo de composição, tal como é feito no cinema.

Para quem curte games e entende de teoria musical, o canal é a união perfeita. As composições são analisadas em termos de harmonia e ritmo. Modos e mudanças de tom também são propositais, e tudo tem um impacto na experiência do jogo.

Para os que querem entender melhor sobre o assunto, o canal tem a série “Tutorial Level”, onde ensina alguns elementos básicos de teoria musical. Os vídeos são sempre ilustrados por temas de games famosos.

Vale a pena conferir!