Lil Pump
Foto: Reprodução/YouTube
 

Lil Pump está mais uma vez envolvido em polêmicas.

Nos últimos dias de 2018, o rapper publicou um vídeo onde cantava um trecho da música “Butterfly Doors”, e nele aparecia uma frase considerada racista que falava sobre traços orientais, citando ainda o ex-jogador da NBA, Yao Ming.

A letra dizia:

They call me Yao Ming ’cause my eyes real low (ching chong)/Eles me chamam de Yao Ming porque meus olhos são baixos (ching chong)

Depois de receber diversas críticas, o rapper publicou um pedido de desculpas (via Spin), dizendo que não tinha a intenção de ofender.

Não era minha intenção magoar ninguém ou fazer nada disso. Eu tenho amigos asiáticos, sabe. Eu ando com todo mundo e não tenho nada contra ninguém. É tudo amor.

Ao lançar o single e o clipe na última sexta-feira (04), Lil Pump removeu o trecho problemático da canção, deixando apenas um momento de silêncio no lugar.

Assista e ouça abaixo.

LEIA TAMBÉM: Gucci Gang (Gucci Mane, Lil Pump, Smokepurpp) vai tocar no Coachella