Planet Hemp no Bananada
Foto: Gustavo Xavier
 

O ano não poderia encerrar sem alguma treta na reta final, e ela vem lá dos lados do influente Planet Hemp.

A partir do perfil no Instagram de sua produtora, a Na Moral, a banda se pronunciou sobre a biografia Planet Hemp: Mantenha o Respeito, lançada neste mês de Dezembro pelo autor Pedro de Luna.

Em um longo texto, o grupo liderado por Marcelo D2 e BNegão criticou duramente a obra, a chamando de “colcha de retalhos de inverdades” e “questionável”. Segundo o comunicado, só o fato do livro ser descrito como uma “biografia definitiva” já é um ponto de atenção, já que o grupo continua na ativa.

No texto, a banda ainda fala que o autor não conversou com os integrantes de fato, e que a biografia foi baseada em apenas uma conversa com D2.

ATUALIZAÇÃO: o autor do livro e o CEO da editora pela qual ele saiu rebateram as críticas em comunicado que pode ser lido aqui

Leia o comunicado abaixo:

Não poderíamos fechar o ano sem essa nota de esclarecimento sobre o livro lançado a respeito do Planet Hemp. Afinal, foi um ano excepcional para o Planet, com um projeto lindo como o [filme ‘Legalize Já’] ganhando o mundo e conquistando prêmios em grandes festivais nacionais e internacionais de cinema, shows lotados em todo o país, 25 anos de banda; enfim, vamos ao motivo da nota…⠀

Em primeiro lugar, ‘biografia definitiva’? Como dizer que essa é a história definitiva de uma banda que está em plena atividade? No mínimo, questionável. A história do Planet Hemp AINDA está sendo escrita!⠀

Segundo ponto: como o livro que conta a trajetória do Planet Hemp pode se basear em apenas UMA conversa com o protagonista de tudo, o Marcelo D2? E pior, como simplesmente ignora a versão de pessoas tão fundamentais como BNegão, Black Alien, Fernando Gabeira, Marcello Lobatto, Maria Juçá (Circo Voador), Eddie (produtor da banda há mais de 10 anos), entre tantos outros. Claro que houve muitos relatos de personagens importantes e queridos por todos nós, mas, como ‘esquecer’ peças tão cruciais?! ⠀

Apoiamos o autor e fomos surpreendidos com uma grande colcha de retalhos de inverdades. Quando recebemos o livro e iniciamos a leitura ficamos em choque, e após várias mensagens de integrantes da banda, figuras importantes do mercado musical e do próprio D2, decidimos que o mais honesto a se fazer seria compartilhar com vocês o nosso parecer. ⠀

Bom, para quem quiser ver boas fotos de acervo e ler sobre o ponto de vista de coadjuvantes, boa leitura. Agora, se você espera conhecer com profundidade e fidedignidade o que é a essência do Planet, não perca seu tempo.

Complicado.

View this post on Instagram

Não poderíamos fechar o ano sem essa nota de esclarecimento sobre o livro lançado a respeito do Planet Hemp. Afinal, foi um ano excepcional para o Planet , com um projeto lindo como o @legalizejaofilme ganhando o mundo e conquistando prêmios em grandes festivais nacionais e internacionais de cinema, shows lotados em todo o país, 25 anos de banda; enfim, vamos ao motivo da nota…⠀ ⠀ Em primeiro lugar, "biografia definitiva"? Como dizer que essa é a história definitiva de uma banda que está em plena atividade? No mínimo, questionável. A história do Planet Hemp AINDA está sendo escrita!⠀ ⠀ Segundo ponto: como o livro que conta a trajetória do Planet Hemp pode se basear em apenas UMA conversa com o protagonista de tudo, o Marcelo D2? E pior, como simplesmente ignora a versão de pessoas tão fundamentais como BNegão, Black Alien, Fernando Gabeira, Marcello Lobatto, Maria Juçá ( Circo Voador), Eddie (produtor da banda há mais de 10 anos), entre tantos outros. Claro que houve muitos relatos de personagens importantes e queridos por todos nós, mas, como "esquecer" peças tão cruciais?! ⠀ ⠀ Apoiamos o autor e fomos surpreendidos com uma grande colcha de retalhos de inverdades. Quando recebemos o livro e iniciamos a leitura ficamos em choque e após várias mensagens de integrantes da banda, figuras importantes do mercado musical e do próprio D2, decidimos que o mais honesto a se fazer seria compartilhar com vocês o nosso parecer. ⠀ ⠀ Bom, para quem quiser ver boas fotos de acervo e ler sobre o ponto de vista de coadjuvantes, boa leitura. Agora, se você espera conhecer com profundidade e fidedginidade o que é a essência do Planet, não perca seu tempo.⠀ ⠀ .⠀ .⠀ ⠀ #PlanetHemp #NaMoral #NaMoralProducoes ⠀ ⠀ ⠀

A post shared by Na Moral (@namoral_producoes) on

   
 
Compartilhar