Cardi B
Foto: Reprodução/YouTube
 

Os tempos estão realmente mudando no mundo da música e o Grammy está acompanhando a tendência.

Pela primeira vez desde 1984, discos que não foram vendidos em cópias físicas de CD estão concorrendo a Melhor Álbum do Ano na edição de 2019 da premiação. Cardi B decidiu não ir por este caminho com sua estreia, Invasion of Privacy, e o mesmo fez H.E.R., com seu homônimo.

Os CDs surgiram no mercado em 1982, e foi em 1984 que Michael Jackson e o The Police se tornaram no Grammy ao serem indicados na categoria de Melhor Disco com ThrillerSynchronicity, respectivamente. Desde então, todos os trabalhos indicados ao prêmio tiveram suas versões físicas.

A tendência é que este número aumente significantemente nos próximos anos, já que cada vez mais o CD cai em vendas e no desgosto do público — enquanto isso, o vinil voltou com tudo e continua crescendo.

LEIA MAIS: Grammy divulga lista de indicados para a premiação de 2019; confira

 
 
FonteBillboard
Compartilhar