Maroon 5
Rock in Rio, dia 15. Foto por Lucas Dumphreys
 

Parece que o Maroon 5 está com dificuldades para conseguir um artista ou banda para participar de seu show no intervalo do Super Bowl no ano que vem.

Como aponta o Page Six (via CoS), o grupo de Adam Levine foi atrás de pelo menos meia dúzia de atrações, mas de acordo com uma fonte “ninguém quer ficar associado” à NFL. O motivo seria uma forma de apoio ao jogador Colin Kaepernick.

Kaepernick está fora dos campos desde 2016, quando se ajoelhou durante a execução do hino nacional dos Estados Unidos em protesto contra o racismo e contra violência policial que atinge negros no país. Para alguns americanos, incluindo o presidente Donald Trump, a atitude foi considerada desrespeitosa.

Segundo a publicação, artistas como Cardi B — cotada para participar do evento há alguns meses –, Post Malone e Bruno Mars estarão tocando perto de onde o show acontecerá, em Atlanta, na Georgia.

A dificuldade em encontrar convidados pode ser o principal motivo pelo qual a banda não foi formalmente anunciada como atração até agora. Neste momento nos últimos anos, já sabíamos há pelo menos algumas semanas qual seria o show do intervalo.

Os últimos artistas a passarem pelo palco do Super Bowl foram Justin TimberlakeLady Gaga, Bruno Mars, Beyoncé, ColdplayMadonna e muitos outros.