40 – Carne Doce – Tônus

Ouça o novo single da Majur!

Carne Doce - Tônus

A cada disco que lança a banda goiana Carne Doce adota uma nova temática e embarca em experiências diversas. Com Tônus, mergulhou de cabeça na sensualidade da cantora Salma Jô desde a capa do álbum até os shows passando pelas letras das canções, e conseguiu misturar esse “novo lado” com a psicodelia, as jams e os arranjos particulares que caracterizaram o grupo desde o início da carreira.

39 – IZA – Dona de Mim

IZA - Dona de Mim

Sem dúvida alguma a cantora IZA foi um dos grandes nomes do pop brasileiro em 2018 e Dona de Mim, seu disco de estreia, veio repleto de grandes hits e participações especiais que acrescentaram bastante a uma artista que tem luz própria. Ivete Sangalo, Marcelo Falcão, Thiaguinho e Rincon Sapiência abrilhantaram um trabalho que deixou claro: IZA será uma das maiores nos próximos anos.

38 – Dingo Bells – Todo Mundo Vai Mudar

Dingo Bells - Todo Mundo Vai Mudar

A banda gaúcha Dingo Bells voltou com um novo disco e já fez questão de avisar logo em seu nome que todo mundo vai mudar, inclusive o grupo.

Com uma sonoridade que leva adiante a mistura de música brasileira com rock alternativo, a Dingo Bells falou sobre o período em que vivemos e, mais que isso, a velocidade com que as coisas acontecem, deixam de acontecer e nos transformam nos tempos atuais.

37 – Somaa – O Mundo Quer te Enganar

Somaa - O Mundo Quer Te Enganar

Também do Sul, mas de Santa Catarina, o trio Somaa faz rock and roll dos bons, no melhor esquema guitarra + baixo + bateria e em seu primeiro disco cheio não tem medo de avisar que por mais que você pense o contrário, o mundo em que vivemos quer mais é te enganar.

TNT Energy Drink

36 – Lau e Eu – Selma

Lau e Eu - Selma

Selma é muito mais que um disco: é uma confissão e um rito de passagem de um músico que está longe de casa, passando por dificuldades financeiras e pessoais, e resolve colocar tudo isso pra fora da forma que melhor entende, com arte.

Em seu disco de estreia nascido após um áudio de WhatsApp da sua avó, Selma, Lau e Eu nos brinda com grandes canções e dá garantias de que será um dos nomes sobre os quais mais ouviremos falar no futuro próximo.

35 – Ana Cañas – Todxs

Ana Cañas - Todxs

Baseando-se em estilos como hip-hop e soul music, Ana Cañas fala de amor e sexo abertamente em um disco que já deixa claro que esses temas, além das ideias de liberdade e direitos iguais, são debatidos desde a sua genial arte de capa.

34 – Bemti – Era Dois

Bemti - era dois

O músico mineiro que tem seu nome relacionado ao projeto Falso Coral resolveu embarcar em carreira solo com o nome de Bemti e lançou um dos discos mais belos do ano com era dois.

Além da mistura certeira de folk com elementos do pop, ele ainda contou com as participações mais que especiais de nomes como Tuyo, Natália Noronha (Plutão Já Foi Planeta) e Johnny Hooker.

33 – Luiza Lian – Azul Moderno

Luiza Lian - Azul Moderno

Após o excelente Oyá Tempo, a cantora Luiza Lian continua mostrando que é uma das principais artistas brasileiras quando o assunto é unir suas canções a elementos visuais.

Azul Moderno nasceu após um longo período de composições, incursões e viagens, e foi descrito pela própria cantora como “uma versão remix de um álbum que nunca foi lançado”, já que nasceu a partir de fragmentos das canções originais misturadas a samples que vão de trilhas sonoras até videogames. Em tempo, o show que acompanha esse álbum é um espetáculo à parte.

32 – Mahmundi – Para Dias Ruins

Mahmundi - Para Dias Ruins

Há muita poesia em Para Dias Ruins, disco da Mahmundi, que contrasta seu título com uma capa ensolarada e estampada, logo de cara, com nomes de faixas como “Alegria” e “Felicidade”.

Ao narrar suas experiências pessoais ao mesmo tempo que nos faz dançar e cantar, Mahmundi cumpre o papel do álbum: o de nos sentirmos melhor em dias que não são tão bons assim.

31 – Black Pantera – Agressão

Black Pantera - Agressão

O trio mineiro Black Pantera é uma verdadeira força da natureza. Em Agressão a banda mostra como domina como poucos a arte de misturar elementos do Heavy Metal, Punk e Hardcore, tudo com letras em Português e bem carregado de elementos brasileiros.

Ao vivo os caras mandam ainda melhor e a fase atual da banda faz dela um dos nomes mais interessantes do país na atualidade.

Página AnteriorPróxima Página

 

   
 
1
2
3
4
5
Compartilhar