Laura Jane Grace do Against Me
Foto por Stephanie Hahne
 

Laura Jane Grace foi embora do Brasil com uma impressão nada positiva sobre o momento atual que nosso país vive.

Em entrevista ao portal gringo Jezebel, a vocalista do Against Me! falou um pouco sobre sua recente passagem por aqui, tanto com a banda quanto com seu novo projeto solo, o The Devouring Mothers. O assunto surgiu na conversa após a repórter questionar Laura sobre seu ativismo e o impacto disso na música.

A frontwoman revelou então que viveu uma “experiência maluca” ao tocar no Brasil durante o período das eleições para presidente.

Estar em restaurantes e ver as pessoas gritarem umas com as outras sobre política, e perceber que eram as pessoas mais jovens que pareciam se inclinar para a direita e as pessoas mais velhas se inclinando para a esquerda, foi uma experiência realmente maluca.

Laura ainda soltou o real motivo pelo qual o show de seu projeto paralelo no Rio de Janeiro foi cancelado.

Segundo a cantora, a principal razão foi a baixa procura por ingressos, que seria contornada mudando a apresentação para um lugar menor. Acontece que, de acordo com os organizadores, não seria possível garantir a segurança da banda e dos presentes nessa nova casa, já que ela seria próxima a um local onde protestos da direita estavam acontecendo.

O show do Laura Jane Grace and The Devouring Mothers aconteceu em São Paulo normalmente, enquanto no Rio a apresentação foi substituída por uma tarde de autógrafos da autobiografia da vocalista.

LEIA TAMBÉM: Against Me!, um show em São Paulo e a cura através da música