Neil Young em 2006
Foto de Neil Young via Shutterstock
 

Neil Young é mais um artista a confirmar que perdeu sua casa para o incêndio de grandes proporções que tem tomado a Califórnia nos últimos dias.

Em comunicado no seu site oficial, o músico deu a triste notícia — ainda dizendo ser a segunda vez que tem sua casa queimada no estado. Young aproveitou também para criticar Donald Trump por seu comentário feito sobre o fogo que já matou 25 pessoas e fez milhares saírem de suas casas.

O presidente americano culpou a “má administração nojenta” da Califórnia, ao que o músico respondeu:

A Califórnia é vulnerável — não por conta da administração florestal deficiente como o DT (nosso suposto presidente) nos faria pensar. Somos vulneráveis por conta da mudança climática; os eventos climáticos extremos e nossa seca prolongada fazem parte disso. Imagine um líder que desafia a ciência, dizendo que essas soluções não devem fazer parte de sua tomada de decisão em nosso nome. Imagine um líder que se preocupa mais com sua opinião conveniente do que com as pessoas que lidera.

Quem também sofreu danos por conta do incêndio foi Kevin Parker (Tame Impala), que precisou sair correndo de uma casa onde gravava material e perdeu diversos instrumentos. Outros artistas como Lady Gaga, Wes Borland (Limp Bizkit) e mais também tiveram que deixar suas propriedades para se manter em segurança.