Kanye West com boné de Donald Trump
Foto: Reprodução / Twitter
 

Já pode voltar a gostar do Kanye West agora ou precisa esperar um pouco?

O rapper anunciou em seu Twitter na última terça-feira (30) que está se desvinculando de Donald Trump e da política no geral. Em uma série de publicações, West deu a entender que foi usado para compartilhar ideais nos quais não acredita.

Kanye aponta Candace Owens, analista política americana ultraconservadora famosa por apoiar Trump, como a principal “culpada” por seu afastamento. Segundo o músico, ela mentiu ao dizer que ele criou o logotipo da campanha Blexit, que pede a desfiliação de afro-americanos do Partido Democrata.

Eu apresentei Candace para a pessoa que fez o logotipo, e eles não queriam o nome deles, então ela usou o meu. Eu nunca quis qualquer associação com a Blexit. Não tenho nada a ver com isso.

West ainda agradeceu aos seus fãs e familiares por estarem ao seu lado, citando algumas de suas crenças políticas que vão contra os planos do presidente americano. Entre as declarações, o rapper disse querer um melhor controle de armas no país e empregos para imigrantes.

Meus olhos agora estão bem abertos e percebo que me acostumei a espalhar mensagens que não acredito. Estou me distanciando da política e focando completamente em ser criativo.

LEIA TAMBÉM: Kanye West se inscreveu em categorias de Rock no Grammy

     
 
Compartilhar