Synyster Gates (Avenged Sevenfold)
Foto: Wikimedia Commons
 

Synyster Gates, guitarrista do Avenged Sevenfold, falou sobre a origem do dinheiro da banda nos dias de hoje — e apenas confirmou o que já sabíamos.

O músico revelou que quase todo o lucro do grupo vem das turnês, e não da venda de discos ou streamings.

Leia um trecho da entrevista à emissora WSOU 89.5 FM:

[Fazer shows representa] 99,9% [do lucro] para nós. Felizmente, você não pode baixar uma camiseta no seu computador ou uma experiência ao vivo. Tenho certeza que isso vai acontecer em breve. Até que aconteça, nós temos um emprego e gostamos destas coisas. Somos muito sortudos por podermos fazer shows grandes e de sucesso, damos valor a isso e agradecemos aos nossos fãs.

Gates ainda falou sobre a situação do rock em si, e admitiu que o gênero já não faz tanto sucesso quanto o hip-hop e o pop.

Eu pessoalmente não os odeio por fazer um negócio inteligente. Não nos afeta. Obviamente, poderíamos ganhar mais dinheiro com streams em outras plataformas, mas é nosso trabalho escrever ótimas músicas que, esperamos, tragam um público mais amplo para essas plataformas. Eu acho que vai virar. Eu realmente acho. Eu não acho que é uma questão de números — é demográfico. Felizmente para nós, nosso público ainda compra CDs e [baixa músicas] no iTunes. Eles são novatos nas plataformas de streaming baseadas em assinatura. Uma vez que essas coisas mudam e se tornam onipresentes em todas as culturas, você verá essas coisas virarem e serem mais lucrativas para os artistas mais jovens. Estamos felizes, estamos bem, mas a banda de metal que está começando definitivamente tem muito mais dificuldade que nós tivemos.

LEIA TAMBÉM: Avenged Sevenfold lança a inédita “Mad Hatter”; ouça