Paul McCartney e Geoff Emerick
Foto: Reprodução/paulmccartney.com
 

Paul McCartney fez um tributo emocionante para Geoff Emerick, engenheiro de som dos Beatles que se foi aos 72 anos no último dia 2 de Outubro.

Através de seu site, Macca publicou uma carta sobre sua amizade e parceria com Emerick, além de divulgar uma foto antiga de Geoff e uma mais recente –veja acima–, que mostra os dois em estúdio.

Leia abaixo:

Conheci Geoff pela primeira vez quando ele era um jovem engenheiro que trabalhava no Abbey Road Studios. Ele se tornaria o engenheiro principal com quem trabalhamos em muitas das faixas dos Beatles. Ele tinha um senso de humor que se encaixava bem com a nossa atitude de trabalho no estúdio e estava sempre aberto às muitas novas ideias que jogamos para ele. Ele passou a entender o que gostamos de ouvir e desenvolveu todos os tipos de técnicas para conseguir chegar nisso. Ele usava um microfone especial para o bumbo e tocava estrategicamente para conseguir o som que pedíamos a ele. Passamos muitas horas emocionantes no estúdio e ele nunca deixou de apresentar ótimos resultados. Depois dos Beatles, continuei a trabalhar com ele e nossa amizade cresceu a ponto de, quando ele se casou com sua linda esposa Nicole, estar na igreja perto de onde morávamos no país.

Ele foi comigo para Lagos, na Nigéria, gravar meu álbum ‘Band on the Run’. Lembro-me de chegar ao estúdio construído pela metade com algumas canções que eu toquei para ele para explicar que direção eu queria ter nesse álbum em particular. Me lembro de pedir a ele para ter certeza de que as faixas tinham muito espaço e ele ficou feliz em fazer isso. Mantivemos contato ao longo dos anos e nossas ligações e mensagens sempre tinham uma risadinha ou duas.

Tendo o visto recentemente este ano, quando ele veio nos visitar no Henson Studio em Los Angeles, onde estávamos dando os últimos retoques no ‘Egypt Station’, ele foi como de costume um amigo simpática e me dava ‘joinhas’ para as mixagens que nós tocamos para ele ouvir.

Sempre me lembrarei dele com muito carinho e sei que o trabalho dele será lembrado por admiradores da música.

Muito amor, Geoff, foi um privilégio te conhecer.

Com amor,

Paul.

 
 
Compartilhar