Grito da Terra: conheça um manifesto cultural no interior de Santa Catarina

Em sua 4ª edição em 2018, o festival que ocorre na cidade de Concórdia atrai artistas e público de todo sul do país

Grito da Terra
Foto: Divulgação/Facebook
 

No interior do município de Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, acontece desde 2015 o Grito da Terra.

Um festival que busca trazer bandas de som autoral do sul do país, tanto para apresentar e incentivar esses artistas, como também para influenciar a criação de bandas de som próprio no Oeste catarinense, que é mais movimentado por bandas covers.

O evento é organizado por Arthur Ferri, Cristiano da Rosa, Jhonny Spricigo e Dysrael Ferri, com quem conversamos para saber mais sobre o festival. Segundo ele, “os covers, esse passado não esquecido do rock, são o que fazem com que não exista espaço para o rock nas mídias de hoje”.

Além do incentivo ao trabalho autoral, o Grito prega o respeito a natureza, pois acontece em meio a ela!

Dentro do camping Amigos de Fragosos, ao lado do Rio Jacutinga, rolarão 4 dias de acampamento, de 01/11 até 04/11, onde muita música acontece em um local em que a amizade e a consciência ambiental são tão apreciadas quanto os artistas que se apresentam.

E falando em artistas, nomes como Confraria da Costa, Bombo Larai, VLAD V, Captain Cornelius, Mar de Marte, Vamo Vovó Big Band, Cuscobayo e Kiai já estão confirmados para a 4ª edição do festival.

Para conhecer mais, confira abaixo a conversa que tivemos com a organização do Grito da Terra:

Foto: Divulgação/Facebook
Edição 2016

TMDQA: Qual a trajetória do Grito? E quais as expectativas para essa edição?

Grito da Terra: O Grito teve início em 2015, era pra ser um festival pequeno, só com as bandas aqui da cidade, mas tomou proporções maiores e já na primeira edição esgotamos os 300 ingressos disponíveis à venda. Para 2018 já estamos com metade dos ingressos vendidos e com um line-up recheado de bandas já muito rodadas pelos festivais que acontecem pelo Sul. Fizemos uma pesquisa recentemente no Facebook, e 96% das pessoas aprovaram as atrações até agora confirmadas, e ainda vem mais!

TMDQA: Quais novidades essa edição trará?

Grito da Terra: Essa edição será a primeira no calor do verão, e estaremos ao lado do Rio Jacutinga que em alguns pontos da pra molhar a canela na água.
É o primeiro Grito com entrada liberada de bebidas e já no primeiro dia do Festival teremos uma Vovó muito louca (Vamo Vovó Big Band) marchando um funk/ska nervoso com toda a galera, abrindo o festival e dando sequência ao resto dos dias.
Na cozinha, vamos fazer surpreender a galera com delícias de outro planeta, com opções vegetariana e vegana que a queridíssima Samara Faccin vai cuidar especialmente pra nós!
A decoração será especial segundo o que vem comentando o artista Roberto Rafael Delani, responsável por essa parte.

TMDQA: Além dos nomes confirmados, o que mais o público pode esperar?

Grito da Terra: Ainda estamos confirmando alguns nomes, mas teremos em torno de 16 bandas garantindo muito rock and roll para esses 4 dias!

Foto: Divulgação/Facebook
Francisco, El Hombre
Edição 2016

TMDQA: Como é a estrutura do evento para abrigar o público por 4 dias acampando?

Grito da Terra: A estrutura é linda, na beira do Rio, dormir com o barulho das corredeiras do Jacutinga é uma experiência fantástica! Você sempre acorda pensando que tá chovendo. Área de camping totalmente arborizada, grama aparada todo mês pelo Chico Faísca, caseiro que comanda a bodega vendendo Polar por lá. Vários chuveiros quentes e com pessoal da higienização limpando várias vezes ao dia, campo de futebol, mesa de sinuca, área coberta para expositores e vendedores. É um dos lugares mais lindos que já conheci, sempre que sobra um tempo descemos lá tomar uma. E além de tudo isso, a cozinha é gigante, toda projetada para as festas da comunidade, extremamente limpa e organizada. Área de shows coberta para o caso de chuvas, churrasqueiras e pias espalhadas por todo o camping.

TMDQA: Para finalizar, vocês que já vão entrar nessa pela 4ª vez, que experiência o público que ainda não conhece o Grito pode tirar do festival?

Grito da Terra: Pra quem gosta de música e tá cansado das mesmas coisas de sempre, vai conhecer muita banda nova. Tem muita coisa boa acontecendo no cenário independente, qualidade incrível!

Pra quem quer fazer amizades, o público do festival é extremamente respeitoso, cordial, feliz e tagarela, temos amizades do pessoal que foi ainda na primeira edição e mantemos contato até hoje. Pra quem quer fugir desse cenário tenso do país, dar aquela renovada nas energias, desestressar, nada como um festival no interior, ao lado do rio, com sombra, cerveja gelada e muita música boa.

Pra quem gosta de acampar, não tem coisa melhor que montar a barraca ao lado do rio, na sombra das árvores, com a grama aparada e muito rock and roll. Pra quem quer só curtir o festival, venha com muita energia! Esse ano teremos o Palco Jam que, depois dos shows, não tem hora pra parar! Geralmente a galera faz uma roda e a música corre solto até de manhã.

Foto: Divulgação/Facebook
Edição 2016

Para garantir seu ingresso é só acessar o link:

E para mais informações, a equipe do Grito está sempre disponível pelo Facebook:

E para esquentar, deixamos 3 músicas de artistas que rolarão nessa edição:

Confraria da Costa“Prepara.. Apontar.. Fogo!!

Mar de Marte“Oceano de Urano”

Bombo Larai – “Cachaça Loka”

Link do evento:

https://www.facebook.com/events/208134696517377/

     
 

Comentários