Barro - Somos
 

Em 2016 o músico pernambucano Barro lançou seu primeiro disco solo, Miocardio, e rapidamente se transformou em figura constante nos shows e festivais pelo país.

Dois anos depois ele está de volta com Somos, álbum que assim como seu antecessor segue um conceito e conta uma história, agarrando-se à “moda antiga” e afastando-se de tempos onde faixas soltas e singles parecem importar mais que álbuns.

A produção foi dividida com Guilherme Assis e Ricardo Fraga, que também acompanham Barro no palco e o disco nasceu entre Setembro de 2017 e Maio de 2018, com gravações rolando nas cidades de Recife, Triunfo (“Oásis do Sertão” pernambucano) e São Paulo.

Gustavo Lenza e Felipe Tichauer, ganhadores do Grammy Latino, ficaram com a mixagem e a masterização e Somos, palavra que pode ser lida de trás pra frente e de frente pra trás, um palíndromo, tem participações de Dengue (Nação Zumbi), Chiquinho (Mombojó), Sofia Freire e a franco-senegalesa Anaïs Sylla.

Somos

Nas dez faixas de Somos, cinco são compostas por Barro e as outras tem diversos parceiros além de Ricardo e Guilherme, como Rogério Samico, DJ Negralha, Jéssica Caitano, Hélder Lopes e Luiz Gabriel Lopes.

Na faixa de abertura, “Seja Você”, a frase “O peso e a leveza de ser o que sou / O gosto e a beleza de ser o que é” inicia os trabalhos e dá uma boa ideia do que vem em frente, com um pé nos sons contemporâneos e outro nas tradições como o coco de roda.

Barro disse que “fala dos encontros, de como as relações se tecem, o que eu vejo do outro, o que se constrói junto”. Na letra, entoa “Fale direito / Se quiser o meu respeito / Não precisa ser perfeito / Basta ser você”.

Ouça o novo disco do pernambucano Barro logo abaixo.

   
 
Compartilhar