Bono
Foto: Wikimedia Commons
 

Em meio a escândalos sexuais na Igreja Católica ao redor do mundo todo, incluindo a Irlanda, Bono conversou com o Papa Francisco sobre os casos.

O encontro aconteceu como parte de um evento da organização ONE, liderada pelo frontman do U2, que trabalha para diminuir a pobreza ao redor do mundo.

Sobre a conversa, Bono declarou que religioso está envergonhado pelos casos de pedofilia, adoções ilegais e mais:

Tendo acabado de chegar da Irlanda, inevitavelmente, falamos sobre ele [estar] espantado com o que aconteceu na Igreja. Eu expliquei a ele como parece para algumas pessoas que os agressores estão sendo mais protegidos do que as vítimas e deu para ver a dor em seu rosto. Eu senti que ele foi sincero e acho que ele é um homem extraordinário para tempos extraordinários.

Neste mês, o vocalista teve de abandonar um show do U2 por conta de problemas com sua voz. Em comunicado, o cantor revelou que se recupera bem e já voltou aos palcos.

LEIA TAMBÉM: Bono diz que ONU, OTAN e União Europeia estão com existências “ameaçadas”

     
 
FonteNME
Compartilhar