The Walking Dead
 

É, parece que apesar da queda de popularidade da série The Walking Dead, a ideia não é acabar com ela tão cedo.

Essa semana o CEO do canal AMC, Josh Sapan, participou da conferência Goldman Sachs Communacopia e foi questionado a respeito da queda de audiência da atração, mas ao invés de jogar a toalha e dizer que o fim está próximo, ele foi para outro caminho:

The Walking Dead é um universo, e nós temos um plano para lidar com a próxima década e mais. Esse plano é um plano cuidadoso para respeitar o mundo dos fãs desse mundo.

Apesar de usar termos bastante genéricos e não falar especificamente a respeito do que se trata esse plano para lidar com o “universo” de The Walking Dead, comentaristas de entretenimento lá fora dizem que mesmo que a ideia seja expandir para outras áreas, a série deve continuar existindo por um longo tempo, pelo menos por essa década “prometida” por Sapan.

Segundo eles, haverá interesse por parte de novos atores que estarão começando as suas carreiras e aproveitarão papéis em uma série conhecida para ganhar exposição.

Além disso, como é baseada em uma história em quadrinhos criada em 2003, há muito material para alimentar os próximos episódios.

The Walking Dead

A série que estreou em 2010 já tem 115 episódios e oito temporadas, sendo que a nona tem data de estreia marcada para 07 de Outubro de 2018.

Sua audiência explodiu entre 2013 e 2015, com a quarta, quinta e sexta temporada, e vem caindo de forma substancial, sendo que a última teve uma média de 7.82 milhões de espectadores contra 14.38 milhões da quinta temporada, por exemplo.

 
Compartilhar