Shawn Mendes
Foto: Wikimedia Commons
 

Shawn Mendes tem ido longe nesse curto período em que está na música. Com apenas 20 anos, o canadense já acumula inúmeras turnês, duas passagens meteóricas pelo Brasil e um punhado de histórias.

Capa da edição jovem da revista Variety, o cantor relembrou curiosos momentos de sua breve trajetória, como a vez em que levou um tombo na frente de ninguém mais, ninguém menos que Dave Grohl.

Eu caí de bunda na frente de 80 mil pessoas. Estava empolgado e não percebi como era alto o lugar de onde eu estava pulando. E Dave Grohl estava na lateral do palco vendo tudo. Foi… incrível.

O tombo aconteceu em Julho, no Festival d’été de Québec, na cidade canadense, e ainda rolou um encontro entre Mendes e o Foo Fighters nos bastidores. Na apresentação da banda na noite seguinte, Grohl ainda fez menção ao show do jovem cantor:

O Shawn Mendes é um grande filho da p***. Sabe por quê? Porque ele me tocou [com sua música].

Lisonjeado, Mendes admite: “Essa foi a coisa mais incrível que já disseram pra mim.”

Com um novo disco mais maduro, lançado em Maio, Shawn foge do pop adolescente que o projetou nos últimos anos. Na entrevista, cita John Mayer como uma de suas influências diretas para o amadurecimento de seu trabalho.

Mayer é uma pessoa incrível para idolatrar, porque ele tinha todos esses fãs quando ele era mais jovem, mas agora ele tem 40 anos e todas essas pessoas ainda o amam, mas a música dele transcendeu o tempo e gerações. É impressionante ser capaz de fazer isso — se tornar algo diferente sem perder essas pessoas.

Ouça o novo disco do The Who!