Lana Del Rey
Foto: Wikimedia Commons
 

No fim das contas, Lana Del Rey acabou realmente cancelando sua apresentação em Israel.

A cantora virou alvo de críticas por marcar um show no país que tem diversos conflitos com a Palestina — os quais vários artistas, incluindo o lendário Roger Waters, chamaram de “apartheid”. Há alguns dias, Del Rey inclusive se direcionou ao músico ao dizer que manteria sua apresentação por lá.

Bem, isso não aconteceu, e Lana saiu do line-up do festival Meteor, que acontece entre os dias 6 e 9 de Setembro em Tel Aviv.

Ao explicar sua decisão, a artista revelou que só irá tocar no local quando puder também se apresentar na Palestina. Ao invés de usar a palavra “cancelado”, Lana Del Rey se dirigiu à situação como uma adiamento.

Leia:

É importante para mim poder me apresentar tanto na Palestina quanto em Israel, e tratar meus fãs igualmente. Infelizmente, não foi possível alinhar ambas as visitas com tão pouco tempo e, portanto, estou adiando minha apresentação do festival Meteor até o momento em que eu puder visitar tanto meus fãs israelenses quanto os palestinos, assim como outros países da região.

O Meteor não gostou nada da decisão e foi bem afiado ao comunicar o cancelamento da cantora. Em uma atualização de seu site, o evento comentou que aprecia Del Rey por “escolher o Meteor para ajudá-la a conseguir alguma atenção da mídia”.

Pesado.

LEIA TAMBÉM: Lana Del Rey pode estar trabalhando com Jack Antonoff em novas músicas

 
 
FonteBillboard
Compartilhar