Thrice no Rio de Janeiro
Foto: Diego Castanho
 

E, finalmente, depois de 20 longos anos de espera, a influente banda californiana de post-hardcore, Thrice, pisou em solos brasileiros e estreou com um show nada menos que visceral no Rio de Janeiro, no Teatro Odisseia, na última sexta-feira (24).

Antes da banda se apresentar, os fãs já questionavam se haveria paramédicos no local para atendê-los em casos de desmaios. Certamente, só os fortes sobreviveram à entrega explosiva que Dustin Kensrue (vocal e guitarra), Teppei Teranishi (guitarra), Eddie Breckenridge (baixo) e Riley Breckenridge (bateria) realizaram.

Foto: Diego Castanho

A vinda do Thrice ao Brasil era tão urgente para os fãs quanto para a própria banda, já que Dustin Kensrue, que passou o show inteiro com uma bandeira do Brasil no suporte de seu microfone, trocou poucas palavras com o público para preenchê-los por cerca de 1h30 com o máximo de suas músicas favoritas, passeando pela vasta discografia da banda.

A clássica dobradinha de “Hurricane” seguida por “Silhouette” foi também escolhida para dar início a noite encantadora no Rio de Janeiro, onde o público parecia estar incrédulo e hipnotizado pelo que acontecia a sua frente. Percebendo os sorrisos emocionados estampados no rosto de cada fã presente, Kensrue logo em seguida tratou de falar: “Nós finalmente viemos ao Brasil! Desculpem-nos por termos demorado tanto. Nós somos o Thrice”, fazendo a ficha cair.

Thrice no Rio de Janeiro
Foto: Diego Castanho

O setlist, elaborado para ninguém achar defeitos e que teve algumas músicas escolhidas pelos próprios fãs através de uma pesquisa realizada pela banda na internet, seguiu com “Of Dust and Nations”, “All the World Is Mad” e “Black Honey”.

Em um dos pontos mais altos e emocionantes da noite, o público realçou as apresentações de “In Exile” e “Daedalus” cantando em uníssono e com profundidade, o que fez Kensrue novamente deixar exposto o sentimento do Thrice em relação ao Brasil: “Nós estamos muito animados por finalmente estarmos aqui!”.

Thrice no Rio de Janeiro
Foto: Diego Castanho

Para incentivar as rodas de pogo que se formavam, a banda mandou a enérgica “Hold Fast Hope”, um dos clássicos do álbum Vheissu, de 2005. Reconhecida rapidamente já pela introdução, o público aplaudiu bastante o anúncio de “Stare at the Sun”, que depois deu vez para “Blood on the Sand”.

Com um novo álbum a caminho, Palms, que tem data de lançamento agendada para 14 de Setembro, obviamente o Thrice achou um espaço para tocar “The Grey”, primeiro single desse seu novo trabalho.

Era esperado que a banda tocasse também “Only Us”, que também fará parte de Palms, mas o quarteto seguiu o show com “The Weight” e “Firebreather”, onde Kensrue chegou a parar de cantar para aplaudir o show à parte dos fãs, que foram impecáveis no coro.

Thrice no Rio de Janeiro
Foto: Diego Castanho

A primeira parte do show ainda contou com “Death From Above”, “Yellow Belly” e “The Long Defeat”. Os fãs chamaram a banda de volta ao palco cantando “Olê, Olê, Olê, Olê / Thrice, Thrice”.

Obviamente, os caras atenderam ao chamado e finalizaram o set com “The Artist in the Ambulance”, a tão esperada “Deadbolt” e “The Earth Will Shake”, quando Kensrue pegou a bandeira do Brasil que estava o tempo todo no suporte de seu microfone e a colocou em suas costas. Ao final, o músico aplaudiu bastante os fãs.

Para um público que externou sua emoção do início ao fim, o Thrice cumpriu seu dever da melhor forma possível, entregando um show caprichado, emocionante e, certamente, histórico.

Thrice no Rio de Janeiro
Foto: Diego Castanho

Setlist:

1. “Hurricane”
2. “Silhouette”
3. “Of Dust and Nations”
4. “All the World Is Mad”
5. “Black Honey”
6. “In Exile”
7. “Daedalus”
8. “Hold Fast Hope”
9. “Stare at the Sun”
10. “Blood on the Sand”
11. “The Grey”
12. “The Weight”
13. “Firebreather”
14. “Death From Above”
15. “Yellow Belly”
16. “The Long Defeat”
Bis:
17. “The Artist in the Ambulance”
18. “Deadbolt”
19. “The Earth Will Shake”

Turnê continua pelo Brasil

Neste sábado (25), é a vez dos paulistanos conferirem de perto toda a intensidade do Thrice. A banda se apresenta no Fabrique. Já no domingo (26), o quarteto finaliza sua primeira passagem pelo Brasil com um show em Curitiba, no Hermes Bar, para qual ainda há ingressos disponíveis.

TMDQA! entrevista Dustin Kensrue

Às vesperas dos shows no Brasil, Dustin Kensrue nos contou sobre os 20 anos do Thrice, seus discos favoritos e sobre a experiência que espera levar do nosso país.

Clique aqui para ler na íntegra.