Lindsay Lohan
Foto: Reprodução/YouTube
 

Lindsay Lohan decidiu compartilhar sua opinião sobre o movimento #MeToo, que encoraja mulheres a denunciarem casos de abuso sexual.

Meses depois de defender Harvey Weinstein, produtor que foi condenado e preso por estupro e outros tipos de crimes sexuais, a atriz se posicionou contra o movimento e ainda disse que faz as mulheres “parecerem fracas”.

Em entrevista ao The Times (via NME), ela declarou:

Eu realmente não tenho nada a dizer. Eu não posso falar sobre algo que eu não vivi, certo? Olha, eu sou muito a favor das mulheres. Todo mundo passa por suas próprias experiências em seus próprios caminhos. Se algo acontece naquele momento, você discute naquele momento. Você faz disso uma coisa real fazendo um relatório policial. Eu irei realmente me odiar por dizer isso, mas eu acho por conta das mulheres que falam contra todas essas coisas, isso as faz parecer fracas quando elas são mulheres muito fortes.

Lohan ainda foi além e declarou que a maioria das garotas “fazem isso por atenção”, o que desvia os olhares do fato que realmente aconteceu. Faz sentido para você?

Vale lembrar que foi exatamente o caso de Harvey Weinstein que inspirou o início do #MeToo, que tem exposto diversos casos dentro e fora de Hollywood. Ao defender o produtor, Lindsay Lohan disse que o acha inocente pois ele nunca fez algo do tipo com ela.

     
 
Compartilhar