Bryan Cranston em Breaking Bad
Foto: Divulgação
 

Acredite se quiser: em 2008, pouco antes de estrelar Breaking Bad, o sempre ótimo Bryan Cranston não conseguiu um papel por não ser assustador o suficiente.

O filme em questão era Segurando as Pontas, com James Franco e Seth Rogen, e a função era viver um traficante.

Quem deu a notícia foi o produtor Judd Apatow no Twitter ao responder alguns tweets de Rogen, que comemorava os 10 anos do filme. Em uma série de publicações, o ator revelou algumas curiosidades dos bastidores, incluindo machucados e piadas.

Apatow declarou:

Bryan Cranston fez o teste. Ele até chegou a ler na bancada… e eu disse ‘eu não acho que ele parece assustador o suficiente para parecer um traficante de verdade.’

Os seguidores do produtor fizeram piada, com um deles apontando que Cranston teria provado o quanto era perigoso meses depois, com Breaking Bad. Vale lembrar que na série o ator viveu Walter White, um professor de ciências que virou produtor de metanfetamina e o traficante mais perigoso de Albuquerque.