Marilyn Manson em 2015 no Rock on the Range
Foto de Marilyn Manson via Shutterstock
 

Às vezes as coisas apenas não dão certo, não é? Marilyn Manson que o diga.

No longínquo ano de 2000, o cantor fundou o selo Posthuman Records, um “braço” da gravadora Priority Records. À época, as intenções de Manson não ficaram muito claras, já que ele continuou contratado pela Nothing Records, uma subsidiária da Interscope Records, aparentemente sem intenções de seguir seu próprio caminho no mercado.

A história do selo, porém, é a mais curiosa. Em seus dois anos de existência, a Posthuman Records lançou apenas uma banda, o Godhead. Por lá, os caras lançaram 2000 Years of Human Error em 2001.

O segundo e último lançamento foi a trilha sonora do filme Blair Witch Project 2: Book of Shadows (2000).

O selo foi fechado em 2002, sem muitas explicações ou alarde. Em uma entrevista para a Outburn um ano depois, Marilyn Manson explicou:

Aquilo foi algo não muito orientado pelo Marilyn Manson, porque eu sou contratado pela Interscope. […] Achei [a experiência] insatisfatória, porque não gosto de tentar transformar o trabalho de outra pessoa em algo comercializável. Para mim, por natureza, crio coisas que acho que as pessoas vão gostar, mas isso faz parte da minha motivação e não é orientado pelo dinheiro. Sucesso ou alcançar pessoas é o que impulsiona isso. Isso me fez sentir como as pessoas que eu não gosto de muitas maneiras. Foi uma experiência interessante para experimentar, mas não sinto que seja algo que eu queira fazer.

Godhead

Vale notar que, como curiosidade, um dos bateristas do Godhead foi Glendon Crain, que além de músico é atriz pornô e até há alguns dias era casado com uma colega de profissão da indústria de filmes adultos.

A atriz em questão é Stormy Daniels, que tornou-se mundialmente famosa ao falar sobre como recebeu dinheiro de Donald Trump para se calar sobre um caso que os dois tiveram no passado.

Recentemente Glendon pediu o divórcio de Stormy alegando que ele havia sido traído.

Marilyn Manson

O músico está na ativa desde 1994 e já tem 10 discos de estúdio na bagagem.

Em 2017, Manson lançou Heaven Upside Down e está atualmente em turnê para divulgar o trabalho. O cantor passou pelo Brasil pela última vez em 2016, no Maximus Festival.

LEIA TAMBÉM: Marilyn Manson faz fã tirar camiseta do Avenged Sevenfold em show; assista

     
 
Compartilhar