Slipknot
 

O final da primeira metade da década de 2000 foi promissor para a banda Slipknot. Em 2004, o grupo lançou o ótimo Vol. 3: (The Subliminal Verses), considerado por muitos o melhor álbum do grupo. Dele nasceram sucessos como “Before I Forget” e “Duality“.

Enquanto isso, o mesmo período também foi promissor para a rede de fast food Burger King. Apesar de abrir suas primeiras lojas no Brasil só em 2004, o restaurante, na época,  lançava, nos Estados Unidos, suas famosas chicken fries.

Apesar de ambientados na mesma época, esses fatos não possuem relação direta entre si. Mas uma campanha publicitária seria responsável por mudar as coisas.

 

A treta

A confusão começou a partir de um comercial feito pelo BK para divulgar o novo prato. A campanha estrela uma banda fictícia chamada COQ ROQ, e o problema é que os integrantes da tal banda vestiam máscaras semelhantes às usadas pelo Slipknot.

De acordo com a rede de fast food, a intenção era que as máscaras fizessem com que os integrantes do COQ ROQ se parecessem com frangos. Mas as comparações constantes feitas pela mídia e pelos fãs incentivaram a banda de Corey Taylor a entrar com uma ação judicial.

Uma cópia da carta escrita pelos advogados do Slipknot explicou a situação:

É óbvio que esta propaganda televisiva é designada para evocar a imagem e personalidade de uma performance do Slipknot. Além de transmitir a alta energia de um show da banda, os membros do COQ ROQ vestem máscaras. Entre elas, temos uma máscara de gás, usada pelo membro do Slipknot Sid Wilson, uma máscara baseada no teatro japonês Kabuki, usada por Joey Jordison, e uma máscara com dreads, normalmente usada pelo vocalista Corey Taylor.

O restaurante argumentou que precisava de uma sentença declaratória. Além disso, a rede disse que o conceito usado pelo Slipknot era uma paródia, baseando-se em outras bandas que se apresentavam de máscaras. Pelo lado do Burger King foram citados grupos como Kiss, Gwar, Mushroomhead e Mudvayne, que já faziam isso antes do grupo.

Apesar de uma banda fictícia, os integrantes do COQ ROQ tinham até nomes e um website próprio na época, hoje indisponível. O grupo era composto por Fowl Mouth, The Talisman, Kabuki, Free Range, Sub-Sonic e tinha até um cospe-fogo chamado Firebird. A música que ganhou fama pelo comercial chama-se “Bob Your Head“.

 

Como a história terminou?

Apesar de parecer o início de uma guerra pelos direitos da banda, tanto o Slipknot quanto o Burger King “deixaram a situação de lado”. No final das contas, quem se beneficiou mais foi o Burger King, cujo comercial continuou a ser exibido normalmente. De qualquer maneira, o Slipknot vivia, na época, um de seus melhores momentos, e continuou com alta visibilidade.

Confira abaixo o comercial e tire suas próprias conclusões. O Slipknot estava certo ao querer levar o caso para a justiça?