Neste mês de Julho completou-se 1 ano da morte do saudoso Chester Bennington, e Daron Malakian relembrou o amigo em uma nova entrevista.

O vocalista e guitarrista bateu um papo com a NME para falar sobre seu novo disco com Scars on Broadway e foi questionado sobre o tributo que fez ao líder do Linkin Park. Malakian tocou no show em homenagem a Bennington, que aconteceu três meses após a morte do músico.

Na ocasião, Daron e Shavo Odadjian, seu colega de System of a Down, se uniram à banda para tocar “Rebellion”. O guitarrista participa da versão de estúdio da faixa, lançada no disco The Hunting Party (2014).

Essa música que fiz com eles, sou super orgulhoso desta música. Eu realmente gostei de trabalhar com eles, foi muito fácil. Aquele show foi legal de fazer — foi divertido tocar, mas quando você pensa e lembra do motivo de estarmos fazendo o show, é [um sentimento] um pouco amargo. […] Chester era um bom amigo, Mike [Shinoda] é um bom amigo.

Malakian também disse que o Linkin Park está em uma “posição difícil” enquanto decide se vai seguir em frente com um novo vocalista, mas revelou não saber dos planos da banda. O guitarrista ainda revelou que Bennington era uma pessoa muito animada, mas que sabia que ele estava “passando por muita dor em sua mente.”

Na mesma entrevista, Daron Malakian voltou a afirmar que o System of a Down não tem planos para gravar um novo disco. Ao mesmo tempo, o músico disse também estar em uma posição confortável com suas bandas, já que pode conciliar as agendas facilmente.

LEIA TAMBÉM: baterista do System Of A Down diz que “todos são culpados” na banda