Clipe de
Foto: Reprodução / Youtube
 

Pussy Riot ganhou visibilidade internacional de grandes veículos com o episódio da final da Copa do Mundo. Em protesto contra a polícia russa, quatro pessoas ligadas ao grupo invadiram o campo.

Acontece que, muito mais do que uma banda punk, o Pussy Riot se tornou um movimento social e político. Entre suas principais causas estão o feminismo e a luta contra a brutalidade policial.

E se você achou que a banda ficaria calada diante do episódio, você se enganou. Isso porque o Pussy Riot acaba de lançar a nova “‘Track About Good Cop“, que, obviamente, critica o comportamento das autoridades. A nova música, na forma de um dançante euro-pop, versa sobre a diferença entre policiais justos e policiais abusivos, aludindo à motivação do protesto da Copa.

Além disso, o dia do lançamento do clipe coincidentemente foi o mesmo em que o tribunal europeu condenou a Rússia pela pena imposta às quatro pessoas. O conselho afirmou que a pena imposta foi “excepcionalmente severa”.

 

“Nós queremos a liberdade dos ativistas que foram presos”

O clipe contém uma edição frenética e é protagonizado por um grupo de policiais. Ele dançam e se divertem nas ruas. Mas a semelhança com o episódio da grande final entre França e Croácia fica ainda mais claro com a descrição da postagem oficial do vídeo.

Além dos créditos da equipe responsável pelo vídeo, o grupo reivindica nove pontos, traduzidos abaixo:

  1. Libertar os membros do Pussy Riot Olga Pahtusova, Olga Kuracheva, Nika Nikulshina e Peter Verzilov, que estão presos por 15 dias por sua ação “Policiais Entram No Jogo”, durante a Copa do Mundo;
  2. Libertar Oleg Sentsov (um cineasta ucraniano preso em regime russo) e outros prisioneiros políticos;
  3. Não colocar pessoas na prisão por curtidas e reportagens;
  4. Parar com prisões em massa em comícios políticos;
  5. Parar de foder com Navalny (um político que se posiciona contra Putin)
  6. Parar de prender tantas pessoas por delitos de drogas (o 228º artigo do Código Penal russo)
  7. Cancelar o extremismo (282º artigo do Código Penal russo, um dos principais artigos políticos criminais)
  8. Liberdade de expressão e de discurso na Rússia
  9. Dar um canal de TV federal para a mídia ativista “MediaZona

Confira abaixo o clipe e a publicação original da banda no Facebook:

! NEWwe're releasing TRACK ABOUT GOOD COP and demanding the release of Pussy Riot activists arrested for 15 days.https://youtu.be/q1v7u1GacSU

Posted by PussyRiot on Tuesday, July 17, 2018