Clara Anastácia é uma artista carioca na qual você deveria prestar muita atenção.

Ao mesmo tempo em que bebe de fontes modernas como Metá Metá, The Internet, Céu e Erykah Badu, ela também se inspira em elementos clássicos de nomes como Gilberto Gil, Jorge Ben e Elza Soares para criar uma personalidade única.

A sonoridade que ela apresenta a partir de toda essa mistura pode ser ouvida no primeiro single de Clara, “Peixe”, e a faixa ganhou um clipe que a gente está estreando hoje por aqui.

No vídeo temos um encontro de mulheres que se relacionam com a sua ancestralidade e através de elementos como água, frutas, espelhos e fumaças, temos a criação de um rito de passagem do qual Clara e suas companheiras fazem parte.

A ideia é ter a figura da mulher negra potencializada como senhora da ação e o videoclipe foi produzido pela produtora audiovisual Distopia, com direção de Humberto Giancristofaro,
que também é diretor e roteirista do longa-metragem “Aquilo que sobra”, lançado recentemente no Festival de Cinema da Dinamarca.

Você pode assistir ao vídeo de “Peixe” logo abaixo.

 
 
Compartilhar