Gene Simmons e os devil horns
Foto via Shutterstock
 

Após meses de processo, Gene Simmons (KISS) chegou a um acordo com a jornalista que o acusou de assédio sexual.

A denúncia foi feita formalmente em Dezembro de 2017, como noticiamos por aqui, onde uma radialista que preferiu permanecer anônima declarou ter sido tocada e abordada de forma indesejada pelo músico linguarudo. À época, Simmons declarou ser inocente no caso.

No último dia 2 de Julho, o juiz Daniel S. Murphy, de Los Angeles, anunciou o fim da disputa judicial com um acordo entre as duas partes. Os detalhes deste acordo não foram divulgados para a mídia.

No processo, Gene respondia por assédio, violência de gênero, maus tratos e agressão contra a mulher. Ela relatou que o músico colocou suas mãos em seu joelho forçadamente, além de ter apertado sua garganta e suas nádegas sem permissão.

LEIA TAMBÉM: O dia em que Kurt Cobain trollou o mala do Gene Simmons

 
Compartilhar