Bono, do U2
 

Essa semana Bono deu um discurso para um conselho de diplomatas da União Europeia durante um evento que lançava a candidatura da Irlanda por um lugar no Conselho de Segurança da organização em 2021-2022.

Durante sua fala, o cantor disse sentir que a União Europeia, a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e a ONU estão com as suas existências “ameaçadas” — e que as nações precisam trabalhar juntas para assegurar o futuro dessas organizações.

Embora não tenha citado nomes, é muito provável que o cantor esteja se referindo ao presidente dos Estados Unidos Donald Trump, que recentemente criticou a União Europeia e a OTAN, além de ter tirado os EUA do acordo climático de Paris.

Ao falar da ONU, Bono foi categórico: “sejamos honestos, nós vivemos em uma época onde instituições vitais para o progresso humano, como a ONU, estão sob ataque.”

E não apenas essas instituições [estão sendo atacadas], mas o que elas representam — uma ordem internacional baseada em valores e regras compartilhadas, uma ordem internacional que está encarando sua maior prova em 70 anos. Não apenas essas instituições, mas também o que elas conquistaram está em risco.

Você pode conferir tudo em maiores detalhes pela Billboard.

 
 
Compartilhar