tranco
Foto: Murilo Amancio

A banda paulistana Tranco lançou o seu disco de estreia. Homônimo, o álbum é composto por dez faixas, incluindo o single “Decomposição Mental”. O trabalho foi gravado em janeiro de 2018 no Family Mob, com produção, mixagem e masterização no Estudio TOTH, por Danilo Souza e Fernando Uehara, ambos da banda Bullet Bane.

O grupo tem influências que vão desde o hardcore melódico até o metal e o grind, propondo “uma temática subjetiva para induzir reflexões ligadas à tomada de decisões, suas causas e consequências no cotidiano de uma metrópole caótica como São Paulo”, como a própria banda define. Ouça o disco:

Red Light DC

red light dc
Foto: divulgação

Love, Alcohol And Other Drugs é o disco de estreia da banda Red Light DC, de Guarulhos (SP). O álbum é inspirado no Red Light District, em Amsterdam, que além de influenciar nas músicas do grupo, também é a referência para o nome da banda.

O trabalho traz canções que retratam o mundo visto pelo amor, pelo ódio, pelas ressacas e por pessoas que vivem à margem das grandes cidades. O álbum conta com a distribuição do selo londrino Flicknife Records, que faz a sua distribuição pela Europa. Confira:

Blocked Bones

blocked bones
Foto: divulgação

O duo paraense de garage rock Blocked Bones divulgou Animals (Live), filme registrado em show no Estúdio Aurora, em São Paulo, no início de abril desse ano. Com 35 minutos de duração, o vídeo passeia por algumas faixas do EP Death Mails in Black Letters (2013) e músicas que formam o Animals, disco produzido pelo gaúcho Iuri Freiberger e lançado em 2016.

As oito faixas ao vivo foram gravadas, mixadas e masterizadas por Aécio de Souza, com filmagens de Matheus Lima e Ediago Quincó, e edição de vídeo por Christian Oliveira. Assista abaixo:

Maciel Salú

Maciel Salu
Foto: Fred Jordao

O compositor, cantor e rabequeiro Maciel Salú lançou Liberdade, seu quinto álbum solo. Composto por 10 faixas autorais, todas produzidas por Hugo Linns, o disco discursa sobre temas políticos e sociais.

O trabalho teve apoio do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura PE).  “Liberdade, com respeito e responsabilidade, é algo que deve ser direito de todo o ser humano. É isso que trago neste disco. Liberdade de falar o que é preciso, de gravar o que eu quero, do jeito que eu acho necessário, sem ninguém para impor limites. É um valor que deveria pertencer à vida de todos”, explica o músico. Ouça:

 
Compartilhar