Flea, do Red Hot Chili Peppers, na Alemanha em 2016
Foto de Flea via Shutterstock
 

Existem muitos artistas que erram em palco.

Desafinam, erram a letra, tocam a nota errada, caem… Mas esse não é o caso de Flea, o lendário baixista do grupo Red Hot Chili Peppers. Sempre elogiado em suas apresentações, o músico jamais deixou a desejar em cima do palco.

Mas o talento de um artista não necessariamente o protege de falhas técnicas. Recentemente, por exemplo, o som do baixo de Flea parou durante uma performance de “Californication“. Foi necessário que um técnico de som subisse ao palco para tentar descobrir o que aconteceu. Tudo aconteceu de forma muito repentina, durante o segundo refrão da música.

No entanto, o baixista não se conteve em ficar parado esperando que o imprevisto fosse resolvido. Enquanto Josh e Chad mandavam a parte instrumental, Flea resolveu deixar o baixo apoiado no chão, e resolveu se juntar aos colegas dançando. E assim foi até o final da performance.

Depois, Flea se apoiou nas caixas de som. O vocalista Anthony Kiedis aproveitou para fazer uma brincadeira:

Senhoras e senhoras, Flea desistiu de tocar baixo. De agora em diante, ele só vai cantar e dançar.

Vale lembrar que os membros do Red Hot são bons de improviso. E não estamos falando só em jams durante os shows. Se você não entendeu, pergunte ao guitarrista “líbero” Josh Klinghoffer.

Confira abaixo o episódio, publicado pelo canal RCHP Live. Flea larga o baixo por volta de 3:50.