6 curiosidades sobre a revenda de ingressos no Brasil

StubHub revela dados de pesquisa que conduziu recentemente

Plateia de show com smartphone
Foto da plateia de show via Shutterstock
 

Há algum bom tempo o Brasil tem se tornado uma das principais rotas de artistas bombados no mundo inteiro para apresentar seus shows.

Além dos músicos e bandas internacionais, os shows nacionais e festivais também continuam movimentando o cenário musical brasileiro como há muito não acontecia, e isso é refletido no mercado de ingressos.

A StubHub é uma plataforma do grupo eBay que facilita a revenda de ingressos por parte de fãs que não poderão ir até os shows e decidem se desfazer dele.

Para tentar entender como funciona o mercado e como as pessoas acabam desistindo de ir aos shows, os caras fizeram uma pesquisa onde chegaram a seis curiosidades que mostram como é comum comprar entradas para uma apresentação musical e acabar não podendo ir.

Os números também mostram que é comum comprar ingressos de outras pessoas quando você vai aos shows e que muita gente gostaria de ter opções para encontrar entradas de eventos esgotados.

Você pode ver a lista com as seis curiosidades logo abaixo:

 

1 – 43% já compraram ingressos para um evento e não puderam comparecer

Entre o público jovem, a porcentagem é ainda maior, com a faixa de 25 a 34 anos chegando a 50%, sendo que destes, 27% revenderam seus ingressos, 47% os doaram e 23% ficaram com eles, perdendo o ingresso.

 

2 – 83% já compraram ingressos de outra pessoa

Entre as pessoas que responderam dessa forma, 58% compraram de conhecidos, vendedores conhecidos na Internet ou na revenda de rua, o que não garante nenhuma segurança na transação.

45% das pessoas compararam online e Daniela Marques, gerente de relações públicas da StubHub no Brasil diz que a proposta da plataforma é justamente garantir aos fãs um acesso seguro e uma transação livre de incômodos para seus shows.

Por meio da nossa plataforma, mediamos a relação entre compradores e vendedores para minimizar riscos e fraudes que possam ocorrer em ambientes menos seguros, como o cambismo de rua.

 

3 – 32% dos entrevistados procuram alternativas para comprar eventos esgotados

A maioria das pessoas que não conseguiu comprar ingressos para um evento sold out quer alternativas para ir ao show de alguma forma, e a Internet é o principal espaço para que compradores busquem ingressos que não serão utilizados.

 

4 – 76% querem ter autonomia em relação a como revender seus ingressos

As pessoas querem ter a liberdade de, em eventual caso de desistência do show, venderem seu ingresso para terceiros.

 

5 –  55% dos entrevistados comprariam mais ingressos se tivessem mais opções de revenda

Mais uma vez, entre o público mais jovem, esse número cresce: 62% das pessoas gostariam de não ver seu dinheiro sendo “desperdiçado”, já que muitas vezes a abertura de ingressos acontece longos meses antes do show.

 

6 – 85% acreditam que plataformas de compra e venda online sejam as opções mais seguras para se comprar ingressos revendidos

Apenas 17% dos entrevistados confia na compra de ingressos via redes sociais e 20% acreditam na revenda de rua.

 

StubHub

Você pode garantir seu ingresso na StubHub para os principais shows que acontecem no Brasil, na maioria dos casos parcelando em até 12x, por aqui.

Compartilhar

Comentários