billy-corgan-lars-ulrich
Foto: Divulgação
 

Billy Corgan foi o mais recente convidado de It’s Electric!, o programa de rádio de Lars Ulrich.

Durante mais de meia hora de conversa, Corgan falou abertamente sobre diversos assuntos. Dentre eles estavam a reunião da formação clássica do seu Smashing Pumpkins, a ausência da baixista D’arcy Wretzky nesse reencontro, a gravação de novas músicas com produção de Rick Rubin, e até Kurt Cobain.

Um dos momentos mais interessantes da entrevista foi quando o frontman falou sobre a importância do Metallica em sua vida.

Eu vi vocês, não sei se foi na primeira semana ou no mês em que o [álbum] Ride The Lightning saiu. Eu estava na 14ª fila, e a energia no Aragon Ballroom naquela noite era como nada que eu havia visto ou depois. Eu era criança, tinha 17 anos, e vocês tinham o quê, 20? Vocês apareceram, James com aquela jaqueta jeans cortada, vocês pareciam os caras com quem eu ia para a porra da escola. Essas pessoas entendiam o mundo em que eu estava, que era lugar nenhum.

Corgan continuou:

Então não foi apenas ‘legal, o Metallica! Eles são a nova banda do momento!’ Esses caras entendiam. Graças a Deus alguém entendia! Os gritos naquele lugar naquela noite, eu ainda posso ouvi-los na porra da minha cabeça. Em algum momento durante da porra do show, porque vocês eram insanamente barulhentos é claro, eu senti algo no meu ouvido, e eu realmente estendi a mão para ver se havia sangue saindo da porra da minha orelha. E é o seguinte: se houvesse, eu não teria saído de lá!

O depoimento causou arrepios em Lars, segundo o próprio, ao que Billy Corgan respondeu: “Otimo! Vocês também me causaram!”

Assista ao momento no player abaixo a partir do minuto 16:35 do vídeo: